Cada vez mais eu vejo jovens com desejos de buscar estudos fora do Brasil e famílias com intuitos de buscar uma vida diferente em outro país. Devido ao aumento da violência, da atual situação política, das oportunidades cada vez mais escassas de emprego, acho que todos nós já pensamos uma vez sobre uma mudança radical.

Imagem: Reprodução

Dá pra ver isso numa pesquisa realizada pela Talenses, uma consultoria de recrutamento e seleção, e respondida por 1470 profissionais brasileiros que vivem e trabalham no Brasil, essas foram as respostas:

  • 91% dos respondentes afirmaram ter vontade de sair do Brasil em busca de oportunidade de trabalho;
  • 80% dos respondentes têm interesse em trabalhar formalmente em uma empresa;
  • O principal motivo para deixar o País é o sonho de viajar e conhecer novas culturas (35%), em seguida vem a crise brasileira e o alto nível de desemprego (26%);
  • O país que mais interessa os brasileiros nessa mudança é os EUA (32%); o segundo é Canadá (17%), e o terceiro é Portugal (15%);
  • Para 61% dos respondentes, o que seria determinante para a mudança de país é a garantia de emprego no exterior;
  • 33% dos respondentes afirmaram que iriam para outro país fazer trabalhos temporários e sem exigência de formação;
  • 61% dos respondentes que já trabalharam em outro país no passado afirmaram que não tiveram dificuldades de recolocar no mercado de trabalho.
Na França, são ofertados mais de 4 mil cursos do nível da graduação e 7 mil do nível da pós-graduação, nas mais diversas áreas. Além disso, são mais de 1.300 opções oferecidas parcialmente ou integralmente em inglês.
Benefícios para brasileiros
A França é o quarto país mais procurado por estudantes em mobilidade universitária. Todos os anos, mais de 300 mil estudantes estrangeiros são recebidos em universidades e outras instituições de ensino superior francesas.
O custo de estudar na França está entre os mais baixos do mundo. Para os estudantes estrangeiros, o governo subsidia dois terços do custo real da formação em instituições públicas superiores.
Com o visto de estudante de longa permanência, é possível trabalhar meio período. Os alunos das instituições francesas ainda têm acesso a restaurantes universitários, auxílio-moradia e planos especiais para transporte. Além disso, os brasileiros que vão para a França podem se candidatar a mais de 200 programas de bolsa.
Imagem: Thinstock
Dúvidas e orientações
O Campus France Brasil, a agência francesa para promoção do ensino superior, anunciou que está aberta a candidatura para graduação e pós graduação na França. Interessados em participar delas nos anos letivos 2019-2020 já podem enviar suas candidaturas por meio do site Campus France Brasil. Os dossiês eletrônicos devem conter dados sobre os percursos acadêmico e profissional dos candidatos, além de motivação, testes de proficiência e outros anexos.  É possível encontrar informações detalhadas sobre o calendário e o processo neste link.
O Campus France Brasil oferece o serviço de orientação gratuito por e-mail, Skype ou presencial, em seus cinco escritórios. Entre em contato com o escritório responsável pela sua região para esclarecer suas dúvidas:
Rio de Janeiro e Espírito Santo: riodejaneiro@campusfrancebrasil.com.br
Região Nordeste: recife@campusfrancebrasil.com.br
Regiões Sul e estado de São Paulo: saopaulo@campusfrancebrasil.com.br
Região Centro-Oeste e Norte: brasilia@campusfrancebrasil.com.br
Fontes: Talenses / Campus France Brasil

Formada em Nutrição, divide o tempo de trabalho entre a clínica, alimentação escolar e fotografia! É mãe de um super herói, blogueira desde a adolescência, meio nerd, adora música, moda, séries e filmes.

1Pingbacks & Trackbacks on Você pensa em trabalho e estudo fora do Brasil?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *