Marcia Gowdak explica que o ideal é sempre reunir alimentos fontes de carboidrato, proteínas, além de frutas e bebidas nutritivas

lancheira saudavel

As férias estão acabando e a rotina das aulas está quase de volta. A alimentação equilibrada é fundamental para o fornecimento de energia, crescimento e desenvolvimento das crianças. Por isso, o recreio pode ser um grande aliado dos pais no cuidado da saúde dos pequenos.  A lancheira precisa unir sabor e alimentos que forneçam vários nutrientes, tais como carboidratos, proteínas, vitaminas e minerais. Na escola, a oportunidade de socialização da criança na hora do lanche faz com que este momento seja divertido e cheio de descobertas, contribuindo para despertar a curiosidade da criança em experimentar novos alimentos e ajudar na formação de bons hábitos alimentares.

É importante usar a criatividade e se atentar às novidades e informações nutricionais de cada produto, além de contar com o apoio de um nutricionista na alimentação das crianças, já que hábitos alimentares inadequados adquiridos nesta fase podem prevalecer no futuro, o que aumenta o risco do aparecimento de várias doenças.

Confira as dicas da nutricionista Márcia Gowdak para uma lancheira nutritiva e saborosa:

1. É essencial dar atenção ao tipo de bebida que os filhos consomem. Por isso, é importante priorizar a hidratação com água e bebidas nutritivas, como sucos de frutas naturais, água de coco ou bebidas à base de soja.

2. É importante evitar frituras, salgadinhos e bolachas recheadas. O ideal é apostar em opções como pães integrais, queijos magros, frutas e bebidas nutritivas. Quando combinados, estes alimentos oferecem carboidratos, proteínas e vitaminas importantes para o crescimento e fornecimento de energia para as atividades na escola.

3. O segredo é variar a alimentação dos pequenos em todas as refeições, incluindo alimentos de todos os grupos alimentares. No almoço e jantar, vale combinar arroz ou massas, com carnes magras, saladas e legumes, além de frutas. No café da manhã e lanches intermediários, reúna frutas ou sucos nutritivos com pães, queijos, iogurtes e bebidas à base de soja.

4. Pedir ajuda à criança para montar a lancheira também ajuda na formação de hábitos saudáveis. Para que isso aconteça, basta fornecer as opções e conversar sobre a lancheira, para que ela aprenda a combinar os alimentos.

Anote receitas práticas e saborosas para a lancheira das crianças:

Opção 1
– 1 fatia de bolo de cenoura
– ½ cacho de uvas
– 1 copo (200ml) de bebida à base de soja sabor Abacaxi

Opção 2
– 1 fatia de pão integral
– 1 colher (sobremesa) de geleia de fruta natural com queijo magro
– 1 copo (200ml) de suco natural de Laranja sem açúcar

Opção 3
– 3 biscoitos integrais
– 1 banana
– 1 copo (200ml) de bebida à base de soja sabor Uva

Opção 4
– 1 fatia de pão com creme vegetal
– 1 fatia de peito de peru com 1 fatia de queijo branco
– 1 copo (200ml) de água de coco

Mãe de Aécio e esposa de Renato, publicitária, especialista em Criação Visual e Multimídia, trabalha com marketing e comunicação e, além do Mãe do Ano, é responsável pelo Roteiro Baby JP, que divulga a programação infantil de João Pessoa, é presidente da Associação das Mulheres empreendedoras da Paraíba, tem uma banda de músicas infantis – a Catavento Colorido – e desenvolve atividades para crianças através da Colmeia Projetos Criativos.

Comments are closed.