O termo “criação com apego” ainda causa muita confusão. Alguns acreditam ser sinônimo de permissividade e que ao optar por esse caminho, os pais deixam os filhos fazerem tudo o que querem, mas se engana quem pensa assim! Criar com apego é buscar uma conexão profunda com os filhos e mostrar-lhes os limites necessários de forma respeitosa, entendendo e levando em consideração sua perspectiva. Fiz uma série de posts no instagram (@desplanos), falando o que “tem que ter” na criação com apego e disciplina positiva, resolvi reuni-los aqui.

1. AUTOCONHECIMENTO

20150703_185252-1

Antes de tudo, é preciso esclarecer que não há regras na criação com apego. Existem princípios os quais auxiliam no estabelecimento de um forte vínculo entre pais e filhos. Quando optamos por esse caminho, precisamos estar conscientes de que talvez exija mais de nós que a disciplina punitiva, a qual busca corrigir comportamentos através da punição e aplicação de castigos . Não há um modelo a ser facilmente seguido e nem passos a serem repetidamente aplicados por todas as famílias. Pais e mães devem buscar conhecer aos seus filhos e se conhecerem profundamente, para então encontrar suas próprias soluções. Cada pessoa é um indivíduo com características próprias e muitas vezes estamos presos a rótulos sobre nós mesmos que atrapalham nossa conexão com as crianças. Dia após dia, entre erros e acertos, precisamos nos conhecer para lutar por aquilo em que acreditamos, para nós e para os pequenos, pois, independente do nosso discurso, serão educados por meio dos nossos exemplos!

2. ACEITAÇÃO

20150703_185717-1

Temos que aceitar cada fase dos nossos filhos e aprender a acolhê-los conforme sua maturidade. Devemos procurar conhecer e entender os momentos do desenvolvimento das crianças, lembrando sempre que não têm capacidade neurológica para lidar com certas situações e sentimentos. É no momento de crise que precisamos estar mais atentos para descobrir que habilidades faltam para eles e ajudá-los a desenvolvê-las!  Também necessitamos aceitar que temos falhas. Somos gente, passamos por dias de estresse e  momentos em que fazemos e dizemos coisas as quais não gostaríamos, porém o importante é não desistir e buscar diariamente crescimento e conexão com nossos filhos, pedindo perdão sempre que acharmos adequado!

3. EMPATIA

Mom having talk with son on bed

imagem: http://pt.depositphotos.com

Ser capaz de se colocar no lugar da criança, compreender suas reações e sentir o mesmo que ela é essencial para disciplinar positivamente, por isso criação com apego precisa ter EMPATIA. A capacidade de ser empático gera respeito, afeto, vínculo e faz com que reflitamos sobre o comportamento dos pequenos antes de discipliná-los, o que nos permite escolher melhor as palavras e atitudes que os ajudarão a desenvolver habilidades e valores positivos.

5. CRIATIVIDADE

20150703_185708-1

Estamos habituados a um modelo de disciplina baseado em castigos e recompensas, o qual pode fazer com que as crianças sejam guiadas por motivações externas e não por valores internalizados. Por esse motivo, a CRIATIVIDADE é indispensável. Descobrir maneiras de falar e se fazer entender pelos pequenos é um desafio diário para quem opta por esse caminho! Como nos comunicarmos de maneira eficiente com nossos filhos, de modo que eles sintam-se acolhidos, respeitados e desejem colaborar? Descobriremos diariamente “lendo” seu comportamento em situações diversas.

Que possamos dedicar nossos dias a adquirir conhecimento sobre nós e  nossos bens mais preciosos, focando em discipliná-los não no sentido de punir seus comportamentos aparentemente inadequados, mas de ensiná-los a lidar com seus sentimentos e a, futuramente, tomarem decisões fundamentadas nos valores que aprenderão através do exemplo que lhes damos hoje!

obs. As imagens do post fazem parte de uma antiga enciclopédia que ganhei da minha vó, A Enciclopédia da mulher e da família.

Mãe do criativo Benício e do irresistível Danilo, Laís é, em tempo integral, pirata, dinossauro, assistente de mágico e inventora de brincadeiras. Nas horas vagas, a professora de português é letra, ponto a ponto, objetiva. Fascinada por tudo que envolve educação parental, disciplina positiva e criação com apego, aprende todos os dias, com seus meninos, como ser uma pessoa melhor e divide suas experiências no instagram @desplanos. Cristã.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *