respeito

A menina feita de nuvens

Tati Santos de Oliveira é designer gráfico, nascida em São Paulo, mas mora na praia. É fã incondicional dos Beatles e mãe da Maria Luiza e do João. Formada em Editoração pelas Faculdades Integradas Rio Branco (SP), trabalha no mundo do livro desde 2004, contribuindo em vários projetos e livrinhos diagramados. Todos os seus trabalhos […] Read more…

Crise da Educação Brasileira?

Muitas pessoas prestam tanta atenção aos pontos diretamente financeiros da crise econômica que esquecem de olhar um aspecto igualmente afetado (até há mais tempo do que o início da crise econômica, na minha opinião), porém de relevância muito maior: a educação. Ser professor no Brasil está cada dia mais difícil, tanto pela cobrança que acontece […] Read more…

Não ofereça comida a criança se não conhece os pais

Minha mãe já me dizia “nunca aceite comida de estranhos”. Eu tomei isso como uma medida de segurança mesmo, sobretudo com meu filho. Às vezes, uma pessoa pode ser muito educada e gentil, apenas para se aproveitar da inocência das crianças. Se seu filho, como o meu, é altamente sociável e consegue conversar e interagir […] Read more…

É pra falar de coisa séria: o que não devemos falar para uma pessoa com depressão

No último post dessa coluna falamos um pouco sobre o poder que as nossas atitudes tem em pessoas com doenças mentais. Hoje explorarei algumas frases que não deveríamos falar para pessoas com depressão. 1. “Poderia ser pior” Os problemas de outras pessoas serem “piores” do que os de alguém deprimido não faz com que os […] Read more…

Vamos Respeitar nosso próximo?

Semana passada postei essa foto no Instagram da lojinha sobre essa placa, fixada no elevador do Mangabeira Shopping aqui em João Pessoa: E observei a quantidade de pessoas que reclamam das mesmas situações : pessoas sem necessidades especiais que utilizam os elevadores dos shoppings. Muitos fazem sem maldade ou por preguiça de ir até a escada […] Read more…

Um pouco sobre criação com apego e disciplina positiva

O termo “criação com apego” ainda causa muita confusão. Alguns acreditam ser sinônimo de permissividade e que ao optar por esse caminho, os pais deixam os filhos fazerem tudo o que querem, mas se engana quem pensa assim! Criar com apego é buscar uma conexão profunda com os filhos e mostrar-lhes os limites necessários de […] Read more…

Mães Precisam… -Campanha Dia das Mães – MILC.

O MILC – Movimento da Infância Livre do Consumismo está vinculando uma campanha muito interessante que levantam questões sobre o que nós, mães, queremos ou/e precisamos. Através de ilustrações vinculadas em sua página do Facebook que chamou muita a atenção foram os temas abordados: Nós mostra que o Dia das Mães precisa ir além de presentes […] Read more…

Os dois anos não são assim tão terríveis

Dois anos, a idade dos escândalos. Sempre tive certo receio dos terríveis dois anos, “terrible twos”, em inglês. Pensava que Maria Paula, se transformaria da noite para o dia em uma criança que não conhecia. Tipo uma transmutação mesmo, um dia dormiria um bebê, o meu bebê, tranqüilo, carinhoso e amoroso, e acordaria, o bebê […] Read more…

Meta: educar!

Como é difícil falarmos de valores com uma geração que preza pela liberdade sem limites, rebeldes sem causa e eternos lutadores pela juventude. Não que isso seja negativo, mas acabou deixando de lado a essência da convivência, valores éticos e morais. Como mostrar o caminho certo ou errado aos nossos filhos? Como ser um adulto […] Read more…