Nós vivemos num momento em que existe uma acessibilidade muito grande aos suplementos. Em busca da saúde e principalmente do corpo perfeito, recebo diariamente no consultório pacientes que começaram a fazer uso de algum tipo de suplemento, seja porque viram em uma revista, reportagem ou porque uma pessoa próxima usava e indicou.

Pessoas que queriam perder gordura mais rápido, pessoas que não queriam comer certos tipos de alimentos, pessoas que tomaram um suplemento de um amigo e acabaram tendo problemas nos rins, no fígado, estômago e até mesmo quadros alérgicos graves. Com quase 10 anos de profissão, vi várias situações em que o risco se tornou tão real quanto uma topada na quina do móvel com o dedo mindinho do pé.

A verdade é que o mais indicado é ter uma dieta balanceada e praticar exercícios físicos. Ter esses hábitos pode ser bem mais saudável do que tomar 4 ou 5 cápsulas por dia. Sabe o ditado popular que diz que “tudo demais é veneno”? Se enquadra perfeitamente. Temos uma cultura de tomar vitamina C para ajudar a manter-se longe de gripes e resfriados. Mas além de não ter um papel significativo na proteção contra essas doenças, se usada em excesso, a vitamina C pode causar mais facilmente cálculos renais (as famosas pedras nos rins).

Um estudo que revisou 100 outras pesquisas prova que tomar multivitamínicos não ajuda muito a saúde. Este trabalho foi publicado na revista Journal of the American College of Cardiology, e não encontrou ligação entre o hábito de tomar suplementos de vitaminas múltiplas e a redução do número de doenças vasculares ou morte precoce. Alguns dos estudos analisados até sugerem que consumir vitaminas em excesso causa danos às saúde.

Quando tomar?

Polivitamínicos ou vitaminas isoladas: Existem casos que exigem uma suplementação, como pessoas com doenças que afetam a absorção dos nutrientes. Caso a absorção seja realmente muito baixa na alimentação natural acompanhada por um profissional nutricionista, avalia-se a deficiência – se existe fraqueza, tontura, mal estar, dores de cabeça, diarreia, prisão de ventre, entre outros sintomas – e calcula-se individualmente a quantidade que aquela pessoa precisará suplementar de forma artificial para minimizar os efeitos causados pela deficiência natural de absorção dos nutrientes em questão.

Ácido fólico: É um micronutriente que nossos corpos usam para produzir novas células. As mulheres grávidas ou que pretendem engravidar em breve devem tomar este suplemento diariamente para ajudar no crescimento do feto, na formação celular e prevenir defeitos no tubo neural do feto.

Zinco: O mineral parece interferir com a replicação dos rinovírus, os responsáveis pelo resfriado comum. Uma revisão de estudos de 2011 analisou pessoas que tinham ficado resfriadas recentemente e que começaram a tomar zinco. Essas pessoas foram comparadas com um grupo de controle que tomou placebo. Os participantes do grupo que tomaram zinco tiveram resfriados mais curtos e sintomas menos severos.

Vitamina D: A deficiência de vitamina D pode gerar cansaço, sonolência, diminuição na disposição, humor, interferir no sono e na imunidade. Esta vitamina deixa os ossos mais fortes porque ajuda na absorção de cálcio, mas é difícil de ser absorvida através dos alimentos. O nosso corpo também precisa de sol para produzir esta vitamina, o que, nos dias de hoje, nem sempre é viável tomar um banho de sol diariamente. Vários dos estudos analisados concluíram que quem toma suplementos de vitamina D vive mais, em média, do que aqueles que não tomaram.

A verdade é que existem sim suplementos que precisam ser administrados. Mas não com a frequência e a quantidade que tem sido oferecida. Principalmente, não sem uma equipe de profissionais que avalie individualmente seu quadro clínico e nutricional.

E aí, vamos nos cuidar?

 

Formada em Nutrição, divide o tempo de trabalho entre a clínica, alimentação escolar e fotografia! É mãe de um super herói, blogueira desde a adolescência, meio nerd, adora música, moda, séries e filmes.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *