argols

Para quem tem um bebê, já deve ter percebido que, em muitos lugares, é bem complicado andar com o carrinho. Calçadas estreitas, carro estacionado onde não devia, escadas… Isso tudo complica bastante a nossa vida, né?

Por isso, o mais comum é qua gente ande toda torta com o bebê-conforto ou ande com ele nos braços, o que dá uma trabalhão e cansa bastante, além de prender nossas mãos, fazendo com que seja praticamente impossível fazer qualquer outra coisa.

Para quem tem mais de um filho ainda é mais complicado. Como fazer para conseguir ficar com o bebê no colo e, ainda, segurar a mãozinha do outro?

A solução é a mesma: usar um Baby Sling.

Sling significa ‘pendurar’ em inglês e, diferente do que muitos pensam por ai, não é uma novidade fashion, é uma adaptação dos panos usados por povos de todos os cantos do mundo para transportar seus filhos.

No Brasil, temos 4 tipos que são os mais usados:

Sling de Argola

argola

É um pedaço de tecido que tem cerca de 2 metros e passa sobre um dos ombros e por baixo do outro e é ajustável por meio de 2 argolas que tem que ser de um material bem resistente. Na minha opinião, é o mais prático;

Wrap

AmeKpq-1uA7BcR20BcQ0Cznqqm_5hdxs-JVlqYSfLxVz

É um pedaço de tecido bem resistente medindo, em média, 5 metros e, diferente, do citado antes, é amarrado ao redor do corpo da pessoa que carrega a criança;

Pouch

pouch
É uma rede de tecido, dobrado no meio, o que cria uma espécie de bolsa para o bebê e alguns até tem cinto de segurança;

Meitai

meitai

Este é o mais conhecido dos carregadores, ele funciona como uma mochila, com alças sobre os dois ombros e na cintura. Pode seu usado de frente e de costas, mas mantém o bebê sempre sentado.

Qual é o melhor Baby Sling?

O melhor Baby Sling não existe, pois cada carregador tem as suas próprias vantagens ou características específicas, que o tornam mais indicado para uma determinada situação, como, por exemplo, a idade do seu filho, a sua própria condição física (certos Slings ou carregadores são mais indicados para quem sofre, por exemplo, de costas ou bacia enfraquecida, o que acontece muitas vezes depois da gravidez e parto) ou se será usado para passeios curtos ou longos.

Um sling com argola ou um pouch sling pode, por exemplo, ser muito rápido para vestir e tirar, mas é menos ergonômico e, portanto, pode se tornar desconfortável quando usado por muito tempo, enquanto que, um wrap sling é bem mais confortável, mas demora mais para vestir, porque, como é preso com amarrações, é mais difícil, e por ai vai.

Quais as vantagens?

As vantagens são muitas, mas podemos enumerar algumas:

  • continuidade da interação mamãe/bebê, como era na vida intra-uterina;
  • proteção contra vento e sol;
  • facilita a movimentação em locais com muita gente ou de difícil acesso;
  • garante maior privacidade durante a amamentação;
  • preserva a coluna do bebê e de quem o carrega;
  • aumenta a auto-estima do bebê, pois proporciona maior atenção e afeto, já que o bebê fica pertinho da mãe;
  • o campo visual do bebê no sling é mais interessante daquele em que o bebê esta no carrinho;
  • é pratico e gera praticidade, deixa as mãos da mãe livre;
  • pode ser usado do nascimento até 20 kg (dependendo do tipo de sling);
  • custa muito menos que um carrinho.
No caso de prematuros, ele atua como uma incubadora natural para os bebês prematuros, fornecendo a temperatura ideal por conta do contato direto com a mãe, que proporcionas trocas de calor com a mãe. Segundo alguns sites, os bebês que ficam no sling ganham peso e se desenvolvem mais rápido.

Por tudo isso, o Sling chegou para ficar e já caiu no gosto de muitas mamães, até as famosas como Julia Roberts, Angelina Jolie, Cindy Crawford, Sheryl Crow, Courtney Cox, Gwen Steffani, Kate Hudson, Fernanda Torres, Mel Lisboa, Adriane Galisteu e muitas outras.

Então vamos slingar!

Mãe de Aécio e esposa de Renato, publicitária, especialista em Criação Visual e Multimídia, trabalha com marketing e comunicação e, além do Mãe do Ano, é responsável pelo Roteiro Baby JP, que divulga a programação infantil de João Pessoa, é presidente da Associação das Mulheres empreendedoras da Paraíba, tem uma banda de músicas infantis – a Catavento Colorido – e desenvolve atividades para crianças através da Colmeia Projetos Criativos.

2 Comments on Sling

    • mariboop
      24/02/2012 at 08:32 (6 anos ago)

      Eu indico, Ju. É bem confortável tanto p mãe qnt p bebê.
      Se precisar, nós fazemos, viu? 😉

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *