Quando o bebê nasce, nem sempre o intestino está bem maturado, então é perfeitamente normal que ele apresente algum tipo de mudança no trato intestinal nos primeiros meses de vida. Seja pela introdução de leite artificial ou mesmo alimentos naturais.

Se seu bebê tem muita prisão de ventre, é importante que você evite frutas que não tenham muitas fibras e foque nas com efeito laxante como: laranja, tangerina, mamão, abacate, manga e ameixa.

Vou deixar pra vocês algumas receitinhas que ajudam a driblar essa fase de intestino preso.

Chá de ameixa seca

Ferva 100ml de água com quatro ameixas secas e deixe esfriar. Quando o chá estiver morno, ofereça na mamadeira, de colher ou no copinho. A partir dos 3 meses.

Leite com água de ameixa

Caso o bebê já tome leite artificial, coloque na mamadeira a água na quantidade normal para o preparo do leite e acrescente de 5 a 7 ameixas. Deixe descansar por algumas horas, retire as ameixas e depois prepare o leite da forma habitual com essa água. A partir dos 6 meses.

Papinha de mamão com manga

Separe uma colher de sopa bem cheia de mamão amassado. Bata meia manga no triturador e misture com o mamão amassado. A partir dos 6 meses.

Vitamina de fruta

Troque o leite puro da tarde por um leite batido com mamão ou outra fruta que tenha poder laxante. A partir dos 6 meses.

Mingau de aveia com abacate e ameixa

150ml de água (leite em pó na quantidade indicada na lata para os 150ml)
3 colheres de sopa de aveia em flocos finos
1 fatia grande de abacate sem caroço
5 ameixas secas sem caroço

Ferva a água com as ameixas, quando levantar fervura acrescente a aveia. Cozinhe a aveia em fogo baixo, mexendo por aproximadamente 6 ou 8 minutos. Despeje o mingau em um prato com o abacate amassado e misture. Acrescente as porções do leite em pó e misture novamente. Espere amornar e ofereça para seu bebê o mingau com as ameixas e tudo.

Dicas extras: A partir dos 8 meses, dá pra colocar uma porção de azeite extra virgem na comida do seu bebê, esse tipo de gordura boa também atua como laxante. Não esquecendo também de oferecer bastante água para o bebê nessa fase. As fibras não vão conseguir fazer o trabalho sozinhas.

 

Formada em Nutrição, divide o tempo de trabalho entre a clínica, alimentação escolar e fotografia! É mãe de um super herói, blogueira desde a adolescência, meio nerd, adora música, moda, séries e filmes.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *