Quem nos acompanha no Instagram, viu que a Mari comentou nos stories sobre a dificuldade de Aécio para ingerir o feijão. Não é incomum que nessa idade (ele tem 6), as crianças sejam mais seletivas e um dos principais alimentos que eles desprezam é o feijão, para o desespero da mães. Mas calma, não é preciso tanta agonia! Vou aproveitar a experiência da Mari para falar um pouco como podemos substituir o feijão de modo a ingerir todos os nutrientes que ele geralmente oferece.

Rico em fibras, ferro, proteínas vegetais, entre outros nutrientes, o feijão tem vários benefícios. No entanto, deixar de comer feijão não é um problema, desde que ele seja substituído por outros alimentos da família das leguminosas: lentilha, vagem, ervilha, soja e grão-de-bico são opções para variar ou substituir o cardápio sem perder proteínas, ferro, cálcio, magnésio, zinco, vitaminas, carboidratos e fibras. Basta uma porção diária para suprir as necessidades nutricionais.

A escolha da Mari foi um alimento que ela já gosta: o grão de bico. Sem glúten e sem lactose, o grão-de-bico é um alimento bastante nutritivo. Uma porção de 100 gramas cozido sem sal nos oferece carboidratos (energia), fibras (boa para a saúde cardíaca e digestiva), proteínas e gorduras, mas, além disso, este grão também oferece em sua composição vitaminas A, B6, C, E e K, cálcio, fósforo, potássio, zinco, magnésio e ferro. Pode ainda ser indicado para quem está de dieta, por ser um carboidrato de baixo índice glicêmico. Para complementar a quantidade de ferro do feijão, nós nutricionistas sugerimos que a criança faça a ingestão de beterraba e espinafre, que podem ser incluídas facilmente no tempero da comida.

“Mas Rê, meu filho se recusa a comer o grão!”. Para essa situação, temos uma opção de receita diferente para a fase chata que eles não aceitam mastigar o grão.

Bolinhas de grão de bico

  • Em um recipiente, coloque uma xícara de grão de bico e deixe repousar por toda a noite.
  • Cozinhe até que ferva.
  • Em outro recipiente, misture uma cebola, dois dentes de alho, coentro, espinafre, pimenta (dosar pouco se a criança for pequena), beterraba ralada e pimentão (também dosar com cuidado, esse é um alimento que muitas crianças acham forte demais!).
  • Jogue na mistura o grão de bico e triture com uma batedeira ou liquidificador.
  • Deixe na geladeira por uma hora. Pegue pequenas quantidades da mistura e forme bolinhas. Coloque-as no forno ou num air fryer, e sirva morninho, as crianças vão adorar.

Então, se seu filho não tem aceitado o feijão, não se preocupe, outras opções podem sim substituir o feijão no pratinho deles, sempre tomando cuidado de não deixar de oferecer o feijão, uma hora, eles acabam aceitando.

Contem para mim: o que mais seus filhos não aceitam?

Formada em Nutrição, divide o tempo de trabalho entre a clínica, alimentação escolar e fotografia! É mãe de um super herói, blogueira desde a adolescência, meio nerd, adora música, moda, séries e filmes.

1Pingbacks & Trackbacks on Que alimentos substituem o feijão?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *