Quanto vezes na vida nós dissemos coisas como: “Eu nunca deixaria meu filho fazer isso” ou “Se fosse meu filho…” ou, ainda, “Eu nunca faria isso com meu filho”? Quando nos tornamos mães (e pais) tudo muda. Passamos a sentir na pele como as coisas funcionam e, como diz o ditado, acabamos “mordendo a lingua” muitas vezes, né? Rs

As ‘Talingas”, nome escolhido por um grupo de mães do facebook para dismistificar as “coleiras” usadas para crianças, vêm dividindo opiniões aqui no Brasil e, pricipalmetne, aqui em João Pessoa.

Algumas pessoas acham que, por parecem coleirinhas, elas são associadas a animais, por isso, acham “feio” ou depreciativo.

Na minha opinião, esse utensilio é extremamente em muitos casos, claro que não serão usados o tempo todo. Em shoppings, supermercados e aeroportos eu tenho certeza que tudo fica mais fácil quando temos uma talinga como aliada. Já temos que nos preocupar com tantas coisas que fica quase impossível conseguir manter os olhos nos pequenos.

Quem tem criança em casa sabe que quando elas começam a andar ficam mais dificieis de ser controladas. E quando elas são crianças ativas e agitadas, pior ainda.

Essa semana fomos ao supermercado e Aécio não queria ficar no braço, nem no carrinho… Só queria fica no chão mexendo em tudo e correndo de um lado para o outro. Sentimos muita falta de uma dessas.

Olha o que o pai fez para tentar controla-lo:

Confesso que foi um alivio ficar com ele assim. Hoje, já estou com uma Talinga que ganhamos!! 😉

Tenho certeza que quem tem necessidade de manter os filhos à vista usaria (ou usa) a Talinga e se sente muito mais segura e que seu filho está mais protegido, não é?

Mãe de Aécio e esposa de Renato, publicitária, especialista em Criação Visual e Multimídia, trabalha com marketing e comunicação e, além do Mãe do Ano, é responsável pelo Roteiro Baby JP, que divulga a programação infantil de João Pessoa, é presidente da Associação das Mulheres empreendedoras da Paraíba, tem uma banda de músicas infantis – a Catavento Colorido – e desenvolve atividades para crianças através da Colmeia Projetos Criativos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *