pote da calma (12)

Tranquilizante, simples e fácil de construir. Apesar de eu gostar de fazer trabalhos manuais junto com as crianças, o pote quis fazer sozinha (Ivan apenas colocou o glitter na água) por usar água quente e poder provocar algum acidente.

Criança adora uma novidade. Também ama cores e brilhos. A junção disso tudo mais a história de fazer uma “Experiência Científica” fez meu filho perder o sono. A verdade é que eu como mãe e professora de uma escola pública, havia pensado em fazer o Pote primeiro para meus alunos. Gosto do que a poesia provoca nas crianças e a imagem poética que esse experimento provoca é muito bonita, queria que isso pudesse ser visto por aquelas crianças que têm menos oportunidades. Mas consegui dividir o primeiro Pote da Calma que fiz com meu filho e meus alunos.

Este pote é inspirado no método Montessori que segundo sua criadora, Maria Montessori, o mais importante do método, não é nem tanto seu material ou sua prática, mas o que pode ser criado a partir da utilização dele. O foco é a observação a partir do que o indivíduo cria a partir de sua liberdade, mas sem deixar de considerar o que há de particular em cada criança. Montessori traça perfis gerais de comportamento para cada faixa etária baseada em muitos anos de observação. Neste caso, o “Pote da Calma” ou calming jar – em inglês – é usado para acalentar e fazer brilhar os pequenos olhos de crianças menores após um momento de estresse. No meu caso, não esperei esse momento aparecer, mostrei pro meu filho e pros meus alunos e eles vibraram e diminuíram o batimento cardíaco e aumentaram a concentração ao acompanhar o ritmo do brilho que dançava no pote.

wpid-20160223_230721.jpg

O que usar?

  • Um pote ou garrafa de vidro (com tampa)
  • Cola com glitter (eu usei um tubinho, a receita que peguei dizia 1 colher de sopa. Mas vai no olho, porque vai depender do tamanho do pote!)
  • Glitter em pó (usei dois potinhos desses pequenos, a receita diz 3 colheres de chá)
  • Água quente
  • Corante comestível (também vai no olhômetro porque vai depender mais uma vez do tamanho do pote)
  • Como faz?

pote da calma (1)

Coloque água quente em um pote deixando um espaço sem água, para a movimentação. Em seguida, misture a cola com glitter e fique mexendo até ela se desfazer. No meu caso ela não se desfez toda, ficaram umas pequenas bolinhas mas isso não prejudicou o trabalho final. Em seguida, despeje o glitter em pó e mexa novamente. Pra finalizar, coloque umas gotinhas do corante comestível. Feche seu pote, balance um pouco e espere esfriar.

IMG_20160226_171324

Dica 1: Seu pote também pode ficar legal em uma garrafinha de plástico, mas como precisa usar água quente, melhor transportar o material para o plástico apenas quando estiver totalmente frio.

IMG_20160226_160923

Dica 2: Depois de frio, vale também usar da imaginação e incrementar seu pote com pedaços em E.V.A., fazendo estrelinhas, letras, etc.

erica maria
Post enviado por Erica Maria:
Érica Maria é mãe, professora, atriz, cantora e compositora. Desenvolve um trabalho com crianças do ensino fundamental onde defende o aprendizado através de ludicidade e afeto.

Contribuição do leitor.
Saiba como participar do blog: http://www.maedoano.com.br/participe-do-blog/

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *