Olá Meninas!

Hoje vou falar sobre o último tipo de corpo dos 3 tipo que possivelmente temos ou adquirimos depois da maternidade, o Oval.

Muitas meninas vieram falar comigo dizendo que estavam ansiosas por esse ipo de silhueta por achar muito difícil vesti-lo. E realmente, dos 3 que selecionei talvez esse seja o mais complicado a primeira vista. Mas, calma! Vamos ás dicas.

OVAL – Esse é o eleito campeão pela maioria das mamães (rs). É o tipo de corpo mais comum nas mulheres que tiveram filhos e estão cima do peso ideal para a sua altura. As mulheres que tem o corpo do tipo oval, possuem as linhas do corpo curvas. Já a cintura pode ser maior ou alinhada na mesma linha dos ombros e quadris.

Então o que fazer para deixar tudo mais harmônico? Vamos começar pela linha da cintura.

Assim como o tipo de corpo retangular, o oval não possui cintura marcada, mas, nesse caso, a cintura não deve ser marcada. O ideal é criar uma cintura mais alta. Marcando com um cinto ou faixa, abaixo da linha dos seios.

Também nunca deve-se usar roupas muito largas. As vezes achamos que usar roupas maiores e mais folgadas vai esconder nosso excesso de peso. Muito pelo contrário. Quando mais você cria volume no seu corpo mais largo ele vai parecer.

Um exemplo são as fotos abaixo, onde mostra que quanto mais a roupa é folgada, maior o corpo parece.

Foto: http://vilamulher.com.br Foto: http://vilamulher.com.br[/caption%5D

Também nunca deve-se usar tubinhos muito curtos e justos. O vestido muito coladinho e curto dá o efeito e “bola”. Dá a impressão que o tronco é mais curto. A foto abaixo mostra  o certo e o errado. A esquerda a cantora Adele usa um vestido muito bem cortado, que não está folgado e nem apertado, está ideal para o corpo dela. O comprimento também é o  ideal é (um pouco abaixo do joelho ou no máximo 4 dedos acima dele). Já a direita a modelo usa um tubinho super colado e curto, passando até vulgaridade, além de destacar todos os pontos “negativos” de seu corpo.

Ainda na parte superior, as blusas devem de preferência ajustadas ao corpo (eu falei ajustadas e não apertadas). Abuse  decotes mais profundos (V ou U). A altura da blusa é muito importante. Ela deve terminar na altura dos quadris. Nunca acima, pois dá a impressão que o tronco é menor  e nem abaixo, pois diminui as pernas.as Quanto as cores, elas podem ser estampadas sim! Desde que a estampa não seja muito grande. O tecidos devem ser leves e fluidos.

Foto: http://www.temestilo.com.br Foto: http://www.temestilo.com.br[/caption%5D

Para a parte inferior do corpo deve-se evitar calças de bocas largas (flare), com pregas, estampadas, muito claras devem ser evitadas. A calça ideal é a de corte reto, com cinturas média.

As saias para esse tipo de corpo são bem democráticas. As mulheres desse tipo de corpo ficam perfeitas em saias lápis ou evasê e até mesmo as longas. Lembrando que os cintos devem ser o mais parecido possível com a cor da peça usada.

Enquanto você não perde uns quilinhos, evite roupas muito justas. E valorize o que você tem de melhor. Abuse de decotes, claro, tudo sem muito exageros.

Foto: www.mulheronline.net Foto: http://www.mulheronline.net[/caption%5D

Ressalte seus pontos fortes, seja com decotes ou acessórios, que desviam atenção do excesso de alguma coisa, seja quadril demais, busto demais, ou cintura de menos. Gostaram das dicas? Próximo passo: Compras!

Espero que tenham gostado. Até a próxima semana quando falarei sobre, as roupas ideais para usar na festinha do seu filho. Beijos!!

Contribuição do leitor.
Saiba como participar do blog: http://www.maedoano.com.br/participe-do-blog/

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *