Olá meninas,

Semana passada eu comecei a mostrar como eu voltei a usar manequim 38. Essa semana vou falar como foi que consegui isso!

Não sou educadora física, nem nutricionista e por favor, se estiver fazendo algo muito absurdo me corrijam, as profissionais da área (:D).

Vou começar falando sobre alimentação.

Como falei no post anterior, eu não fiz dieta radical nenhuma pra começo de conversa. Aliás, eu, como muita gente, tenho medo dessa palavra. Nas sabe aquela frase ‘Você é o que você come”? Pois é, parti desse princípio, e procurei separar o “joio do trigo” do mundo da comilança.

No entanto, só em pensar em dieta o que vem a minha cabeça é:

  1. Passar fome;
  2. passar fome;
  3. Quero um bolo de chocolate.

Por isso decidi que não vou me privar de nada que realmente valha a pena – e isso inclui bolo de chocolate, ué!

Porém, eu “troquei” alguns alimentos (jôio por trigo), por similares (rs) que me fariam melhor, e outros eu cortei mesmo, pois eles não iriam acrescentar em nada na minha vida.

Vamos as minhas escolhas:

sucos versus refrigerantes

Refrigerantes: Bom, nunca fui daquelas que salivavam ao ver uma coca em recipiente de vidro bem suadinha não…Sempre preferi o suco. Porém, pela comodidade do dia a dia, sempre que ia a restaurantes pedia Refrigerantes, pois saiam mais rápido que os sucos.

Parei com isso, e aprendi minha primeira lição do mundo saudável: Paciência. Simmmm!

Muita paciência. Primeiro porque os resultados não aparecem da noite pro dia. E depois…Vocês já viram como se demora para preparar uma refeição mais saudável e, ainda mais o tempo que demora pra comer um prato de mato? Pois é amigas… Paciência!

Substitui o pão nosso de cada dia, pelo pão integral. Ele tem a mesma quantidade de calorias do pão de trigo, porém como possui mais fibras, ele ajuda na digestão.

Outra coisa que introduzi na minha alimentação foram os chamados alimentos funcionais. Os alimentos funcionais são aqueles que contêm substâncias ou nutrientes que forneçam benefícios à saúde, considerados por muitos um medicamento natural.

Tais como:

  • Batata-doce: ajuda a emagrecer e é fonte de energia para atletas.
  • Acabaxi: Bom para a digestão e ajuda a emagrecer.
  • Couve folha: Fonte de cálcio e ajuda a prevenir o câncer.
  • Kiwi: ajuda a controlar os níveis de colesterol.
  • Gengibre: ação termogênica e anti-inflamatória.
  • Linhaça: fonte ômega 3, combate o colesterol ruim.

Aumentei também, a ingestão de líquidos durante o dia. Eu agora estou sempre com uma garrafinha bem grande de água na minha mesa do trabalho no lugar do copo tradicional. Também comecei a tomar o suco detox. Que aliás está na moda né?

foto4

Esses sucos verdes, funcionais ou detox são: sucos que possem diversas funcões como , tem ação antioxidante e desintoxicante, digestiva e diurética, de acordo com o que você coloca dentro. Sempre são folhas verdes escuras e uma fruta.

Tomo em jejum todo dia de manhã com uma colher de linhaça dourada e confesso me sinto muito bem.

No café da manhã e almoço, como normal. O que comia antes. Claro que sem refrigerantes, pão branco e frituras (que nunca comi mesmo).

A noite, quando chego da academia, não como carboidratos. Apenas proteínas. Não chega ser a dieta da proteína, pois como carboidratos o dia todo, mas a partir das 18h e não como mais. Salvo em casos extremos, como festas ou quando estou na casa de alguém.

Como sempre, frango grelhado ou presunto magro, ou ovo cozido ou atum ou peixe grelhado. Está dando super certo e não sinto fome.

foto5

Então é isso meninas. Resumão de minha dieta. Semana que vem falarei sobre a rotina de exercícios.

Beijos

Contribuição do leitor.
Saiba como participar do blog: http://www.maedoano.com.br/participe-do-blog/

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *