image

Esses pequenos vem com cada uma, né?
Esses dias eu acordei e ouvi Aécio falando alguma coisa lá no berço, mas eu não estava entendendo direiro o que era. Quando me dei conta, vi que ele estava brigando com o papai Noel de pelúcia, apontando o dedo e dizendo assim:

– “Vai p onde, rapaz?”
E com a mesma vozinha braba e baixinha ele repetiu: – “vai p onde, rapaz? Rapaz, vai p onde?”

Claro que eu não me contive e cai na risada.

Essa semana ele teve outras tiradas maravilhosas.
Uma delas foi assim: eu estava jogando no celular e ele querebso mexer. Ai, eu tirei a mão dele e disse “perai”. Ai, a resposta foi:
– “Eu to falando! Oxe, mamãe, eu to falando!” – e falando todo brabo…

Eu posso com isso?
Já perdi as contas de quantas vezes ele falou “tu acha?” Kkkkkk
E quando ele olha p mim (ou p alguém) e diz: “que linda, mamãe”.

E quando pede abraço? Ou quando quer vir para o colo e pede “abraço” ao invés de braço? Engraçado é quando ele quer alguma coisa e diz “tu quer” no lugar de “eu quero”… Kkkkkk

Dá vontade de matar de tanto arroxo!
Ai ai… Essas crianças…

Mãe de Aécio e esposa de Renato, publicitária, especialista em Criação Visual e Multimídia, trabalha com marketing e comunicação e, além do Mãe do Ano, é responsável pelo Roteiro Baby JP, que divulga a programação infantil de João Pessoa, é presidente da Associação das Mulheres empreendedoras da Paraíba, tem uma banda de músicas infantis - a Catavento Colorido - e desenvolve atividades para crianças através da Colmeia Projetos Criativos.

Comments are closed.