Prosseguindo com as dúvidas e perguntas, aqui temos algumas que são mais comuns em crianças maiores, adolescentes e adultos:

  • Fale um pouco sobre uso de polpa de frutas. É saudável? Perde nutrientes?

Pesquisas feitas em Universidades brasileiras comprovam que a polpa congelada de frutas mantém os benefícios da fruta natural. No congelamento da polpa, há sim uma perda de nutrientes, porém, é insignificante e não prejudica na ação antioxidante que os sucos naturais causam ao organismo. O nutriente que mais é perdido são as vitaminas, em especial a vitamina C, em frutas como abacaxi, acerola, caju, goiaba e maracujá.

O que precisamos de verdade é tomar conhecimento de quais empresas fazem o processamento correto na hora de preparo da polpa, para que se minimize a perda, e claro, ao prazo de validade delas – que costuma ser de 1 ano.

  • Dê um exemplo de jantar prático e saudável

Compor uma refeição sempre depende do conjunto do que se alimentou ao longo do dia. Não dá pra “tabelar”, pois cada organismo tem uma necessidade diferente (tanto de qualidade, quanto de quantidade). Então a variedade é a melhor opção. Caso você já tenha sobra de verduras cruas e proteínas do almoço, você pode fazer uma crepioca ou uma omelete, aproveitando essas sobras, antes que elas estraguem. Gosto muito de fazer uma crepioca mais “fofinha”, então quando faço com 1 ovo + 2 colheres de goma de mandioca, eu adiciono uma colherzinha de café de fermento. Bato com um garfo mesmo e coloco para assar numa frigideira pequena com um pouco de água fervendo. Assim que a parte de baixo cozinha e a parte de cima ainda está crua, eu jogo em cima a salada crua (tomate, cebolinha, ervilha, milho, alface, o que tiver sobrado!) e cubinhos de proteína (seja carne, frango ou queijo, caso não tenha sobrado do almoço). Coloco um pouco de orégano e alecrim em cima, viro e deixo cozinhar por completo. Parece demorado, mas como a salada já está pronta do almoço, se faz em 5 minutos!

  • Sinto muitos gases. Pode ser alimentação?

Pode sim. Algumas pessoas tem maior ou menor desconforto em relação a alimentos que geram gases com mais facilidade. São eles: feijão, couve-flor, pimentão, alho, ervilha, repolho, lactose, ovo, batata-doce, entre outros. Caso o desconforto seja muito grande, e permaneça mesmo ao retirar boa parte ou todos esses alimentos, vai ser a hora de conversar com um gastro, tá?

  • Meu exame deu deficiência de vitamina D. Que alimentos são ricos nessa vitamina?

As principais fontes de vitamina D são as carnes, peixes e frutos do mar, como salmão, sardinha e mariscos, e alimentos como ovo, leite, fígado, queijos e cogumelos. Além dos alimentos, a principal fonte desta vitamina é a sua produção na pele a partir da exposição ao sol, sendo importante tomar banho de sol diariamente, por pelo menos 15 minutos por dia, sem usar protetor solar. Para pele morena ou negra, esse tempo deve ser de 45 minutos a 1 hora, pois quanto mais escura a pele, mais difícil é a produção de vitamina D. O melhor horário para tomar sol é entre as 10h e 12h e das 15h às 16:30h da tarde.

  • Meu médico disse que estou com anemia. Como devo tratar?

Comer alimentos ricos em ferro em todas as refeições. Carnes, frango, ovo, fígado e alguns alimentos de origem vegetal, como beterraba, salsinha, feijão e lentilha. Esses alimentos devem ser incluídos em todas as refeições, podendo-se fazer lanches como sanduíche ou crepioca, queijo ou frango desfiado.

O ferro contido nos alimentos de origem vegetal, como feijão e beterraba, é mais difícil de ser absorvido pelo intestino, precisando de vitamina C para aumentar essa taxa de absorção pelo corpo. Por isso, consumir alimentos que são ricos em vitamina C também ajuda muito. Assim, boas dicas são tomar suco de limão após as refeições ou comer frutas como laranja, abacaxi ou caju como sobremesa, e fazer sucos ricos em ferro e vitamina C, como o suco de beterraba com cenoura e laranja.

As bebidas alcoólicas, o café, o chocolate e a cerveja devem ser evitados, pois prejudicam a absorção de ferro pelo organismo. Além disso, os alimentos ricos em cálcio como leite e derivados também diminuem a absorção do ferro e devem ser evitados durante as refeições principais, como almoço e jantar. Ter estes cuidados não exclui a necessidade da ingestão de uma suplementação, mas é uma forma natural de completar e enriquecer a alimentação.

Lembre-se sempre de fazer uma visita ao nutricionista caso tenha dúvidas em relação a sua alimentação ou do seu filho. A informação e os bons hábitos são a melhor e mais segura forma de manter a saúde e prevenir doenças!

Formada em Nutrição, divide o tempo de trabalho entre a clínica, alimentação escolar e fotografia! É mãe de um super herói, blogueira desde a adolescência, meio nerd, adora música, moda, séries e filmes.

1Pingbacks & Trackbacks on Especial: Dia do Nutricionista (Parte II)

  1. […] Prosseguindo com as dúvidas e perguntas, aqui temos algumas que são mais comuns em crianças maiores, adolescentes e adultos: Fale um pouco sobre uso de polpa de frutas. É saudável? Perde nutrientes? Pesquisas feitas em Universidades brasileiras comprovam que a polpa congelada de frutas mantém os benefícios da fruta natural. No congelamento da polpa, há […] … … Ver artigo completo no Blog […]

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *