O câncer de mama na gravidez vem se tornando cada vez mais comum devido ao fato de que muitas mulheres decidem ter um filho em fases mais tardias de suas vidas e, com o passar dos anos, o risco de desenvolver a doença vai aumentando. Acaba que, no futuro há grandes possibilidades de um aumento no número de casos de câncer de mama na gravidez.

Entendendo um pouco sobre o Câncer
As células normais de nosso corpo possuem um ciclo organizado, onde crescem, se dividem e morrem, dando lugar a outras novas células. No entanto, as células cancerígenas continuam a crescer e se multiplicar diferente das células normais, ao invés de morrerem, continuam formando novas células anormais.

A gravidez:

Gravidez A gravidez causa diversas mudanças hormonais no corpo da mulher, logo, mulheres que nunca tiveram filhos ou que tiveram sua primeira gravidez após os 30, tem um risco bem maior de acometer o câncer de mama.

Amamentação:

Breastfeeding. Young mother and 1.5 month baby
Estudos sugerem que a amamentação pode ajudar a diminuir rapidamente o risco de desenvolver o câncer de mama. O risco de câncer diminui ainda se a amamentação ocorrer de 1 a 2 anos. A razão para isso deve-se ao fato de que, tanto a gravidez quanto a amamentação diminuem o número total de ciclos menstruais da mulher.

Ciclo Menstrual:

Ciclo menstrual
As mulheres que estão expostas a níveis aumentados de estrogênio durante longos períodos de tempo, aparentam um nível maior de acometer o câncer de mama. Neste quesito estão incluídas as mulheres que tiveram um número maior de ciclos menstruais, ou seja, mulheres que começaram a menstruar antes dos 12 e para as mulheres que passaram da menopausa após os 55 anos.

Exames:

Exames
Os tratamentos contra o câncer compreendem em sua maioria sessões de quimioterapia, que devem ser realizadas após o terceiro mês de gestação. Em casos onde o estado da paciente é grave e é necessária a cirurgia, já existem anestesias que podem ser usadas na ocasião, além de medicamentos como morfina e codeína que podem ser usados para evitar as dores.

Certos tratamentos e medicamentos devem ser evitados durante a gestação, como anti-inflamatórios, antibióticos e aminoglicosídeos e o tratamento à base de radioterapia, este que, deve ser evitado a todo custo durante a gravidez, pois causa diversos problemas ao bebê.

Mãe de Aécio e esposa de Renato, publicitária, especialista em Criação Visual e Multimídia, trabalha com marketing e comunicação e, além do Mãe do Ano, é responsável pelo Roteiro Baby JP, que divulga a programação infantil de João Pessoa, é presidente da Associação das Mulheres empreendedoras da Paraíba, tem uma banda de músicas infantis – a Catavento Colorido – e desenvolve atividades para crianças através da Colmeia Projetos Criativos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *