Daminhas no casamento
Foto: Reprodução/Internet

Se você é mãe, sabe exatamente como é a sensação de estar em um casamento, ou formatura e ter que ficar atrás do seu filho. Crianças geralmente ficam mais agitadas nesses tipos de festas. A dúvida de muitos pais é como controlar a energia e, muitas vezes, a agressividade deles. Calma, vou tentar de maneira prática auxiliar vocês nesse ponto.

A raiva no comportamento infantil é uma forma que os pequenos têm de expressar suas sensações com algo que eles não conhecem bem. Inclusive, vale lembrar que a presença dos pais é essencial nesse momento, instruindo e dando limites em suas ações.

Em grandes comemorações, a garotada geralmente gosta de pular, correr e gritar. Isso é bastante natural, ainda mais em idades de 4 a 10 anos. O que passa a ser complicado é quando o limite não é imposto. Deixar seu filhos fazerem o que querem pode atrapalhar o evento.

Em casamentos, por exemplo, já vi pajens e daminhas brigarem no altar enquanto acontecia a cerimônia e os pais ficarem constrangidos por causa da cena, atrapalhando até o fotógrafo que registrava a festa. Para evitar esse tipo de situação e não estragar as fotos de casamento, é essencial conversar com as crianças. Falei com o fotógrafo João Salamonde, que me deu uma dica: “Durante a cerimônia, é ideal que pajens e daminhas fiquem junto a um adulto responsável, que podem ser os padrinhos”.

Espero que vocês tenham gostado das dicas e lembrem-se, o diálogo sempre será a chave para uma boa educação, mas atenção, quem dita as regras é você e não os pequenos!

Filho da Tania, estudante de Publicidade e Propaganda, ator e apaixonado por assuntos ligados à saúde e bem-estar. Divide seu tempo entre a faculdade, estágio e às publicações do blog.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *