Se você é mãe de uma criança menor de 3 anos e acha que ela não tem autonomia e que não está preparada para atividades de aprendizagem, é bom rever seus conceitos. Cuidar e educar são duas tarefas inseparáveis, segundo a pedagoga Carmelita Sabóia. “O cuidado físico está inserido em um contexto e o berçário tem de cumprir também o papel educacional”, afirma.

Na prática, isso que dizer que trocar fraldas, alimentar e colocar para dormir não são mais as únicas tarefas dos profissionais do berçário (hoje, inclusive, o termo “cuidador” está sendo substituído por “professor”). É preciso estar preparado para lidar com crianças de zero a três anos, desenvolvendo atividades que promovam as chamadas “experiências significativas”, como, por exemplo, historinhas e músicas durante as brincadeiras e refeições. “Na teoria, pode parecer besteira. Mas, essas atividades personalizadas tornam a criança, desde cedo, protagonistas de suas aprendizagens”, aponta a pedagoga.

Por tudo isso, o berçário pouco tem a ver com o trabalho de uma babá, mesmo quando o tratamento é bastante especializado, como acontece no Espaço de Desenvolvimento Infantil Baby’s Cool, localizado em Manaíra. “Uma babá é um bom suporte em casa, mas não tem a base teórica necessária para que estimule a criança nas brincadeiras e na sociabilidade”, afirma Nicolle Nery, enfermeira e proprietária do Baby’s Cool.

Outro aspecto a ser levado em consideração é o ambiente, que deve ser acolhedor, com estrutura específica para estimular ao máximo o desenvolvimento na primeira infância, além dos itens já conhecidos: segurança, afetividade e higiene.

Veja a seguir elementos essenciais de um bom berçário:

– Espaços diversificados para a criança repousar, brincar, se alimentar e ter contato com outras crianças. A ideia de confinamento e tranquilidade absoluta é ultrapassada. Apenas o local de repouso deve ser resguardado, na medida do possível, para que a criança possa descansar com sossego. O refeitório deve ser separado e muito bem limpo. Além disso, um pátio onde as crianças possam brincar ao ar livre é bem-vindo.

– Brinquedos adequados para a faixa etária. De preferência, materiais que desafiem a criança, fazendo-a avançar o desenvolvimento em suas aprendizagens.

– Socialização. O bebê aprende quando interage com adultos e outras crianças de sua idade e mais velhas.

– Educadores preparados, com formação específica para a faixa etária, que conversem com as crianças, interajam com elas e saibam, também, realizar os cuidados básicos com higiene e alimentação. É recomendado que o professor chame cada criança pelo nome desde cedo, para que se crie a noção de indivíduo.

– Ambiente arejado e seguro. O ideal é que haja iluminação natural e decoração atraente, mas que não chegue a ser poluída. Um ambiente bonito é mais acolhedor e estimulante. No chão, barras próximas às paredes, almofadas e rolos ajudam as crianças a se movimentarem. Tomadas e fios elétricos devem ficar fora do alcance dos pequenos. A presença de espelhos é importante para a construção da identidade. Cuidados com a higienização de todas as áreas são fundamentais.

– Bom relacionamento com os pais. Deve haver um canal aberto de comunicação entre pais e educadores, que podem compartilhar experiências sobre a criança. Quanto mais a criança for conhecida pelos dois lados envolvidos, melhor.

O BABY’S COOL é um lugar especial, criado para atender crianças de 0 a 3 anos, proporcionando-lhes a continuidade dos cuidados assegurados por suas famílias, pois sabem a importância que os cuidados adequados tem no bom desenvolvimento da primeira infância. Pensando nisso, construiram um espaço acolhedor, aconchegante e seguro, onde seu filho será acompanhado de perto com atendimento personalizado e recebido diariamente com muita alegria e carinho. Reuniram profissionais capacitados e treinados para atender com excelência as necessidades individuais de cada criança, contribuindo para que sua integração na sociedade seja marcada pelo respeito, liberdade e cooperaçaão. Cuidam de criança como criança, valorizamos e respeitamos diferenças, acreditamos no compartilhamento de experiências, saberes e sentimentos e é com imensa satisfação que esperam recebe-los nesse espaço, para brincar e aprender com a gente!!!
Para maiores informações ligue: (83) 3021-8752 ou acesse http://www.babyscool.com.br
Da Assessoria de imprensa do Baby’s Cool, com informações da revista Educar para Crescer

Mãe de Aécio e esposa de Renato, publicitária, especialista em Criação Visual e Multimídia, trabalha com marketing e comunicação e, além do Mãe do Ano, é responsável pelo Roteiro Baby JP, que divulga a programação infantil de João Pessoa, é presidente da Associação das Mulheres empreendedoras da Paraíba, tem uma banda de músicas infantis - a Catavento Colorido - e desenvolve atividades para crianças através da Colmeia Projetos Criativos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *