Fadas MagrinhasShow de lançamento do disco acontece no Teatro Eva Herz no dia 15 de dezembro com diversos convidados especiais

Elas não tem asas nem fazem truques, mas as irmãs gêmeas Aninha e Lulu Araújo encantam as crianças no palco sob o nome de As Fadas Magrinhas. O espetáculo que já circulou por diversas cidades de Pernambuco ao vivo com um colorido especial agora se materializa em CD, incentivado através do FUNCULTURA – Governo de Pernambuco.

O início do grupo se deu há cinco anos pela vontade das irmãs em criar um projeto musical que tivesse um cuidado em envolver o público infantil sem subestimar a inteligência das crianças. Outra preocupação das gêmeas veio do fato de que não havia discos ou espetáculos musicais voltados para crianças que tivesse um sotaque local ou referências mais próximas do que vemos nas ruas do Recife ao longo do ano e nas festividades folclóricas.

Por isso mesmo, a realização do disco surge neste momento como a concretização de um sonho para as irmãs, que estão tirando do papel e da performance ao vivo um registro inédito no estado. Apresentando junto a esta ideia os elementos da cultura popular pernambucana, as faixas do primeiro disco das Fadas Magrinhas tem músicas em estilo de frevo, forró, banda de pífanos e caboclinho.

Show – O lançamento do disco vai acontecer no domingo, dia 15 de dezembro, no Teatro Eva Herz, na Livraria Cultura do Shopping Rio Mar, no Recife. Com duas sessões, e entrada gratuita, a dupla preparou um espetáculo com muita música, dança, circo e outras novidades. Além dos músicos Publius Lentulus, Hugo Linns e Ricado Fraga, que integram a banda, o show conta ainda com as participações de Lucas dos Prazeres, Gilú, Nana Milet, Roger Victor, Tomás Melo, Júlio César e  Adriano Salhab,  que também participaram das gravações do CD.

Pela primeira vez, as Fadas Magrinhas executarão músicas ainda inéditas do público, além de outras músicas do CD que já  vem sendo tocadas nos show realizados na cidade. Para este show de lançamento do disco, as fadas resolveram botar em cena o sapateado, a dança e o circo. “Desde o início pensamos em trazer outras linguagens para o show. Com a chegada do CD, esse é o momento perfeito para  apresentarmos  essas novidades ao público” diz Lulu. Bianca Moreno assina as coreografias do sapateado e a Escola Pernambucana de Circo fez a preparacão das fadas, que ganharam um novo figurino feito pela estilista Carol Azevedo.

Gravações – O CD homônimo, produzido por Juliano Holanda e com direção musical de Hugo Linns, foi gravado no Estúdio Carranca com as participações de mais outros notáveis instrumentistas como Gilú, Publius Lentulus, Paulo Rafael e Lucas dos Prazeres. Ao lado deste grande time de músicos, as Fadas  contaram com as participações mais que especiais do músico Naná Vasconcelos, Chico César e Marcelo Jeneci respectivamente nas faixas “Fadas Magrinhas”, composta por Adriano Salhab, “Coroa não é Cocar” e “Só eu Sou eu”.

No repertório, as Fadas Magrinhas cantam e tocam em 13 faixas que possuem diferentes temas e que foram criadas em várias épocas. Em cada música há um tema central diferente, seja sobre os hábitos indígenas, sono, relações socias, silêncio e o comportamento das crianças e dos bebês.

Pelo envolvimento das duas com a área de educação e arte, o projeto tem uma preocupação extra em lidar com o público infantil sem infantilizar este mesmo público. Inspiradas em discos como “A Arca de Noé”, de Vinicius de Moraes, os trabalhos do Palavra Cantada, Helio Ziskind e da Banda Mirim, Aninha e Lulu trabalham com o imaginário das crianças mostrando ainda a elas o universo mágico da cultura nordestina.

As ilustrações do disco ficaram sob a responsabilidade de Juliana Bolini, artista argentina, radicada em São Paulo, que trabalha com recortes e papel machê. Ao lado da capa e do projeto gráfico criado por Sonaly Macêdo, o primeiro trabalho em CD das Fadas Magrinhas possui uma identidade visual bem caprichada. E seguramente, pais e filhos ao verem este trabalho das Fadas Magrinhas vão relembrar juntos a magia que é ser criança com um mundo inteiro de musicalidade a ser descoberto.

 1455152_568918013187404_963979576_n

FADAS MAGRINHAS
Show de Lançamento do CD
Domingo – 15 de dezembro – Sessões às 15h e 18h
Teatro Eva Herz  – Shopping Rio Mar – Pina / Recife
Entrada Gratuita (Distribução de senhas 1 hora antes de cada sessão)

Fonte: Assessoria Fadas Magrinhas

Mãe de Aécio e esposa de Renato, publicitária, especialista em Criação Visual e Multimídia, trabalha com marketing e comunicação e, além do Mãe do Ano, é responsável pelo Roteiro Baby JP, que divulga a programação infantil de João Pessoa, é presidente da Associação das Mulheres empreendedoras da Paraíba, tem uma banda de músicas infantis - a Catavento Colorido - e desenvolve atividades para crianças através da Colmeia Projetos Criativos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *