12724-NOI7RL

Viajar em família pode ser muito divertido ou causar dor de cabeça. Para garantir que tudo saia conforme planejado, a gente trouxe algumas dá dicas para que a viagem com os pimpolhos seja repleta de momentos inesquecíveis.

1.       Quem viaja em família carrega muito itens: carrinhos, malas de mão, brinquedos, casacos e ainda precisa de mãos livres para cuidar das crianças, apresentar documentos e fazer check-in. Por isso, quem gosta de viajar, tem de aprender a fazer malas pequenas e práticas. O truque é imaginar que a mala não chegou no destino e que será preciso fazer compras básicas para passar alguns dias. O que entrar na lista para ser adquirido é o que realmente é necessário levar.

2.       Itens obrigatórios em viagens com os pequenos são seguro de viagem, para garantir uma boa assistência médica, e um kit feito com indicações do pediatra e produtos indispensáveis, como protetor solar, repelente de insetos, pomada para picadas e gel antisséptico.

3.       Crianças não têm noção muito clara do tempo. Por isso, se a viagem for de carro, é bom fazer paradas mais frequentes para que elas possam se alimentar, movimentar e ir ao banheiro. Já no avião, o ideal é levar brinquedos e lanches para mantê-las ocupadas. Durante decolagens e pousos, a dica é oferecer bebidas para ajudá-las a diminuir os efeitos das diferenças de pressão dentro da cabine.

4.       Livrar-se da pressa é imprescindível para curtir as férias ao máximo. O bom é chegar com antecedência nos aeroportos, rodoviárias, estações de trem e mesmo na atração que se pretende assistir para não causar desconforto.

5.       Em qualquer viagem podem acontecer imprevistos. O importante é estar preparado e manter o bom humor. As crianças ficam alertas quando percebem que os adultos estão nervosos. Nestes momentos, um adulto pode tentar resolver a situação enquanto outro distrai os pequenos.

6.       Quando a viagem inclui crianças, é importante reservar mais tempo para as refeições. Fazer um bom café da manhã e levar lanchinhos, como barras de cereais, biscoitos e sucos são essenciais para aproveitar os passeios. Afinal, a fome atrapalha qualquer programa, independente da idade.

7.       A viagem tem de ser legal para todos, por isso é importante que cada um tenha seu momento durante o passeio. As crianças costumam pedir para brincar em qualquer lugar e é bacana deixar que elas se divirtam no parquinhos e praças, por exemplo. Por outro lado, as crianças devem aprender a respeitar o momento dos adultos quando o programa for um museu ou compras.

8.       Estipular um orçamento para cada criança é ideal para evitar gastos supérfluos. Além de uma boa oportunidade para explicar um pouco sobre orçamento, já que os pequenos precisarão fazer escolhas na hora de escolher seus souvenirs.

9.       É importante contemplar momentos de ociosidade. Um rápido mergulho na piscina do hotel ou um lanche demorado pode ser a recarga necessária para toda a família.

10.   Depois de dias onde a família passa o tempo todo junto e, geralmente, até dormindo no mesmo quarto, a volta pode ser um desafio para as crianças. Uma dica é passar alguns dias juntos em casa antes de voltar para a rotina e, se necessário, deixar as crianças dormirem juntas uma ou duas noites, para que o retorno às atividades normais seja mais tranquilo.

Com essas dicas, a viagem com os pimpolhos será cheia de lembranças inesquecíveis para todos.

Fonte: http://www.parques-e-ingressos.com.br/

 

Mãe de Aécio e esposa de Renato, publicitária, especialista em Criação Visual e Multimídia, trabalha com marketing e comunicação e, além do Mãe do Ano, é responsável pelo Roteiro Baby JP, que divulga a programação infantil de João Pessoa, é presidente da Associação das Mulheres empreendedoras da Paraíba, tem uma banda de músicas infantis – a Catavento Colorido – e desenvolve atividades para crianças através da Colmeia Projetos Criativos.

Comments are closed.