Muitas vezes a gente tenta organizar as gavetas de roupas do bebê, mas não sabe nem por onde começar, né?
O site da Crescer deu dicas para facilitar essa tarefa e faciliar o trabalho. Olha só:

O que usar todos os dias

Para as peças que você pega a toda hora, opte pelo prático. As fraldas descartáveis saem do pacote e são colocadas na vertical, lado a lado. Aqui também entram as fraldas de pano. Na outra gaveta, barbeadores, toalhinhas de boca, sapatos e meias. Não, nunca dobre as meias para dentro (deixando o avesso para fora): fica feio e laceia o elástico. Se essas peças menores estiverem dentro de uma cestinha ou caixa transparente, melhor: assim você não corre o risco de, quando puxar a gaveta, cair tudo que empilhou.

Tudo bem arrumadinho
Para a designer de interiores Aly Simonetti, a cômoda fica ainda mais organizada com as bordas das peças voltadas para o fundo das gavetas. Lençóis e toalhas têm de a ficar dispostos como nas lojas, com a parte fofinha para fora. Na hora de dobrar, todas na mesma medida, para não entortar. Outra sugestão é que os conjuntos fiquem sempre juntos. Se for de lençol, a fronha fica para cima. Se for camiseta de baixo, também. Guardar em plástico, nunca. Pior é a umidade que pode ser acumulada do que a possibilidade do pó. As roupas que não são mais usadas vão para outro lugar da casa.

Como dobrar
– Bodies: dobre em três e com os botões para dentro;
– Macacões: as pernas para dentro também em três. Conforme a criança cresce, aumenta o número de dobras;
– Calças pequenas: o vinco de todas devem ficar para o mesmo lado

Sempre do mesmo jeito
Você decide onde coloca cada coisa conforme a quantidade. Separe em pilhas se “sem mangas”, de “curtas” e de “compridas”. Fica mais prático e mais bonito se não hora de empilhar você aproximar as cores, das escuras para as claras. As estampadas têm uma pilha só delas. Roupas para sair ficam no mesmo lugar e os pijamas, sempre na mesma gaveta.

Para proteger Se o móvel que você usa estiver novo, o forro é dispensável. Caso contrario, use pedaços de tecidos mais duros cortados do tamanho das gavetas para forra-las e evitar que alguma peça se estrague com lascas de madeira, por exemplo. Na última, lençóis e toalhas Esta gaveta fica reservada para as roupas do berço. Os lençóis de carrinho ou de bebê conforto também, junto das mantas, cobertores, etc. A regra do escuro para o claro vale aqui também. Outra boa dica é cortar todas as etiquetas de lençóis e toalhas (sempre ficam para fora na hora de arrumar!)

Retirado do Site da Crescer

Mãe de Aécio e esposa de Renato, publicitária, especialista em Criação Visual e Multimídia, trabalha com marketing e comunicação e, além do Mãe do Ano, é responsável pelo Roteiro Baby JP, que divulga a programação infantil de João Pessoa, é presidente da Associação das Mulheres empreendedoras da Paraíba, tem uma banda de músicas infantis - a Catavento Colorido - e desenvolve atividades para crianças através da Colmeia Projetos Criativos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *