Olá mamães!

Sou nova por aqui, então, muito prazer, sou Gabriela Olem, fotógrafa de João Pessoa.

Ainda não sou mamãe, mas respiro e vivo a maternidade intensamente. 🙂
Dicas para fotografar - Capa

Hoje quero dar algumas dicas para as mamães que amam fotografar a rotina de seus filhotes (que mãe não gosta, né?). Cinco dicas simples para dar uma melhorada nas suas fotos com câmeras compactas ou super zoom (conhecidas como semi-profissionais), ou seja, as mais comuns de se encontrar na maioria das casas. As dicas podem valer até para celulares smartphones com uma qualidade de imagem melhor.

Se você, como a maioria das mães, não tem muito tempo nem muito dinheiro para investir constantemente em fotografia profissional, fique atenta às dicas! 😉

1. Conheça sua câmera

Dicas fotografia 1

Essa dica é essencial para que você possa tirar o melhor da câmera que você possui. Não adianta comprar uma câmera cheia de botões e funções e não saber o que cada coisinha faz, né?
Se você é uma mamãe prática e com pouco tempo, que não tem interesse em saber para quê cada opção funciona, economize e compre uma câmera mais simples, que tem quase todas as funções automáticas. É claro, sempre buscando a que tenha uma boa qualidade de material e de imagem, pra poder encarar as mais variadas situações (areia, vento, respingos de água, etc).

 2.Preze pela espontaneidade

Dicas fotografia 2

Deixe as crianças serem crianças! É muito comum que as mamães fiquem chamando a atenção constantemente dos filhos para que olhem para a câmera, sorriam ou façam alguma pose. Mas vai por mim: fotos espontâneas vão ser muito mais lindas! Então a dica é: evite ficar chamando atenção do seu filho várias vezes. Deixe ele brincar, coloque o papai para brincar com ele, faça ele rir (de verdade). De vez em quando chame o nome dele, quando você notar que chegou um momento especial para ter aquela olhada fofa que eles dão. Você vai ver que fotos com sorrisos naturais são bem mais inspiradoras e gravam bem a personalidade do seu filho. Mas é claro que tem crianças “gaiatinhas” que não podem ver uma câmera que fazem uma pose, caretinhas, gracinhas, então relaxe e faça as fotos dela assim mesmo, pois isso também é o que elas são. Com o tempo elas vão se cansar de posar e deixar pra lá, e é aí a sua chance de fotografá-los curtindo seu mundo mágico de criança.

3.Evite o flash, abuse da luz natural
Dicas fotografia 3
Busque observar a luz ao seu redor. Muitas vezes a luz está uniforme e numa coloração agradável e, por força do hábito, as mamães usam o flash, até porque muitas vezes o flash fica no automático nas câmeras compactas. Desative-o sempre que puder. A coloração branca do flash modifica o tom das cores das fotos – a pele da criança pode ficar muito pálida se ela estiver muito perto do flash (algumas vezes até virando um “fantasminha”) ou então ficar com pele escura se estiver longe e além disso os olhos podem ficar vermelhos. O uso do flash também pode atrapalhar a dica anterior (da espontaneidade), pois isso chama a atenção, e algumas vezes tira a concentração do seu filho para o que ele estava fazendo. Em alguns casos pode até assustar, deixar os pequenos com aquele “olhão”, cara de assustado, sabe? Por isso, procure entender o melhor lugar, com a melhor luz ambiente/natural para tirar suas fotos. E claro, buscar qual função na sua compacta se ajusta para que faça imagens boas sem usar o flash. A maioria das câmeras, por exemplo, possui o modo “noturno”, que configura as funções para que sejam mais sensíveis à luz.

4. Preste atenção ao enquadramento

Dicas fotografia 4

Essa é uma dica de muito importante! Mesmo que você prefira tirar foto do seu filho posando e com flash, essa não pode ser ignorada. O enquadramento faz realmente toda a diferença no resultado final de uma foto. Por exemplo, quando fotografar, não enquadre a cabeça de seu filho de maneira esquisita (tirar a foto da metade do olho pra baixo, por exemplo), ao tirar uma foto do corpo inteiro, não deixe os pés de fora, se o fundo (cenário) onde seu filho está não é interessante para ser mostrado, então se aproxime e mude de ângulo a fim de conseguir a melhor imagem (evite o zoom em câmeras compactas e celulares). E, para dar um “up” ainda mais legal, procure usar o enquadramento na “regra dos terços”. Se você não sabe que danado é a regra dos terços, dá uma olhada nesse link do site Dicas de Fotografia.

5.Tenha paciência, tente de novo
Dicas fotografia 5
Por último, mas não menos importante, tenha paciência consigo mesma e com seu filho. Aprender fotografia é como aprender a andar de bicicleta: você vai ter que cair algumas (várias) vezes até que possa correr livremente, com o tempo vai até fazer sem as mãos no guidão. Mas, atenção: ao contrário da bicicleta, quando já se sabe é preciso treinar sempre. Então, tente quantas vezes puder (e seu pequeno deixar) e não se abata se os primeiros resultados não saírem como o esperado. Continue treinando! As máquinas compactas, por não deixarem algumas funções manuais, adquirem comportamentos que nos frustram às vezes, mas é só ler o manual, buscar informações na internet e tirar várias fotos que com o tempo você já vai estar dominando tudo! Aproveite que hoje em dia não tem filme nem número de poses pra te limitar!
Bom, por hoje é só, pessoal! Com essas dicas vai ficar um pouco mais fácil tornar as lembranças caseiras mais bonitas!
E claro, se precisar e puder, contrate um profissional que mais se encaixe no seu estilo.
Beijos e abraços a todas as mamães! ♥

Gabriela Olem
http://www.GabrielaOlem.com

Contribuição do leitor. Saiba como participar do blog: http://www.maedoano.com.br/participe-do-blog/

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *