images (18)       images (1)

Bariloche, cujo nome oficial é San Carlos de Bariloche, é uma cidade da Argentina, localizada na Província de Río Negro, junto à Cordilheira dos Andes, na fronteira com o Chile. Aqui os cenários são sempre especiais e as atrações divertidas. Mas uma dica: como a temperatura aqui no inverno chega a  6 graus negativos, e todos os lugares fechados são super aquecidos é fácil se resfriar. Por isso bastam alguns cuidados:  levar do Brasil o que estiver acostumado por exemplo: Vitamina C, Rinossoro, remédio para resfriado, própolis,  pastilhas para dor de garganta, febre, tosse, e até antibiótico de prevenção (na Argentina os remédios são diferentes). Melhor ter e não usar, não é mesmo?

Os principais passeios turísticos são:

*Circuito Chico: Disponível durante todo o ano, o Circuito Chico é o passeio turístico mais popular de Bariloche, indicado principalmente aos turistas de primeira viagem na cidade. Em um passeio de aproximadamente 70 quilômetros, são percorridos locais conhecidos como o lago Nahuel Huapi, praia Bonita, a base do cerro Campanario e outros.

*Cerro Otto: Quem gosta de belas e altas vistas tem o cerro Otto como passeio obrigatório. Acessado via funicular, o topo da montanha reserva atividades para todas as idades, como otto kart, teleférico e trenó na neve. A confeitaria giratória, única na Argentina, oferece deliciosas opções gastronômicas e uma vista de 360° do alto da montanha. No cume do Teleférico Cerro Otto encontra-se situado o “Centro Estable de Interpretación de Perros de Montaña”, primeiro centro desse tipo em Bariloche. Pode ser visitado durante o ano todo desenvolvendo-se ali as seguintes atividades: Aventuras em trenós, Estação de Cria, circuitos interpretativos, comentários didáticos e participativos para conhecer a história e hábitos da raça Husky Siberiano. E os mais ousados poderão desfrutar, se a neve nos acompanhar, da inesquecível experiência de percorrer o cume da montanha em trenós puxados por esses magníficos cães siberianos.

download (1)

*Cerro Catedral: Aqui é o lugar onde encontrará várias escolas de ski .Professores altamente capacitados ensinam os pequenos a arte de esquiar de uma maneira divertida e lúdica. Várias atividades são organizadas durante o dia, alternadas com as aulas de ski. As classes para crianças de 3 a 13 anos podem ser de meio dia ou de dia inteiro.

 

QUANDO IR

1

Verão – ótimo para fazer belos passeios pelo Parque Nacional Nahuel Huapi e curtir a paisagem da travessia dos Lagos Andinos. Os preços de hotéis e restaurantes são atraentes e as temperaturas são amenas, mas podem chegar a quase 30 graus em certos dias. É também uma boa época para quem curte esportes náuticos como windsurfe, canoagem e kitesurfe, pesca e passeios a cavalo.

Outono – belas folhagens em tons vermelhos e amarelos, boa chance de ver um céu muito azul e os passeios continuam bárbaros. Começa a esfriar bem conforme a noite chega.

Junho – é o início da temporada, há boa chance de pegar uma nevasca e o preço dos pacotes são interessantes.

Julho – férias escolares no Brasil e na Argentina, crianças e adolescentes por todos os lados e preços nas alturas. Praticamente é o único mês disponível para quem viaja em família

Agosto – As montanhas estão com boa cobertura de neve e o perfil do turista muda para casais em viagem romântica e esquiadores experientes. Vários estabelecimentos já fazem promoções e as agências oferecem preços convidativos, inclusive para hotéis de luxo.

Setembro – Por esta época já não há mais voos diretos a partir do Brasil (todos agora têm que fazer conexão via Buenos Aires) e a neve começa a rarear nas pistas mais baixas. A qualidade da cobertura também não é das melhores, com pouca neve seca. No entanto, os preços despencam.

Primavera – A neve derretida, os campos queimados pelo congelamento e as árvores sem folhagem não deixam a paisagem tão bela, mas lá e cá flores dão o ar da graça. Muitos estabelecimentos já estão fechados.

 download

 

 

Fonte: Operadora Turística CVC; Guia Vamos para Bariloche; Wikipédia

Fonte Imagens: Google

Paulistana de nascimento, Paraibana de coração. Casada há pouco e “amigada” a muito, mãe da Giulia minha pequena joia e do Dachshund Tiko nosso mascote . Formada em turismo segui minha carreira na aviação por 8 anos. Depois de um marido, um cachorro e um bebe (chegando em minha vida nesta ordem..rs..) procurei algo que pudesse ainda conciliar com a função mãe e dona de casa. Para isso me tornei franqueada da Portal Travel e assim vendo sonhos e felicidade procurando sempre oferecer a todas as famílias o que desejo pra minha.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *