nail-bar-by-amanda-oliveira-esmalte-para-criancas-01

Uma coisa muito comum que observamos nos dias de hoje são meninas que mesmo endo muito novas já querem usar maquiagem e passar esmalte, provavelmente para se parecer com as mães. Esta vaidade precoce tem vários motivos que vão desde o de exemplo dentro em casa, passando pela influência da mídia nas nossas crianças, afinal as princesas e heroínas dos desenhos animados abusam das cores, inclusive nas unhas. Para saber como melhor lidar com os desejos de sua filha, conversamos com especialistas para entender se não é prejudicial deixar que elas usem esmaltes.

Estudos apontam que é normal a menina passar por esta fase, de querer ser adulta antes do tempo e querer usar roupas e acessórios das mães. Faz parte do desenvolvimento natural, mas o alerta vermelho deve ser acionado quando há um excesso e um comportamento preocupante ou gerar estresse na criança. Nesse momento as mães devem ser muito pacientes e incentivar a auto estima da pequena de forma natural, sem a necessidade de artifícios.

Conversamos com a proprietária da Nail Bar by Amanda Oliveira, uma esmalteria no Recreio dos Bandeirantes, no Rio de Janeiro. Amanda Oliveira aponta que é comum as crianças acompanharem as mães na hora de fazer as unhas e desde cedo as meninas querem participar também. Nesta hora é importante contar com profissionais preparadas “de acordo com o guia de cosméticos infantis divulgado pela Anvisa, os esmaltes liberados para crianças são aqueles à base de água, que saem sem necessidade do uso de acetona ou removedor e não podem possuir solvente. Eles dissolvem até mesmo na água. ”

Amanda aponta ainda que, na indústria de cosméticos, existem bastantes produtos voltados para o público infantil, por isso a mamãe não terá dificuldade em encontrar algo que agrade a sua pequena princesa. “As mães devem ler os rótulos antes de deixarem suas filhas usarem os produtos. É importante observar que o cheiro dos esmaltes infantis é bem diferente dos esmaltes para adultos”, alerta.

Reações alérgicas ao esmalte podem ocorrer

A dermatologista Kaliandra Cainelli, da clínica Vivace, aponta que não é recomendável que crianças menores de 12 anos pintem as unhas com produtos para adultos “recomendamos que só após esta idade a criança faça uso de esmaltes, pois ele contém substâncias que costumam causar alergias como o tolueno e benzeno, dentre outros”. A médica recomenda que a criança faça uso de produtos hipoalergênicos e fiquem atentos a qualquer reação alérgica “alergias a esmaltes são comuns até entre os adultos e acontecem principalmente na região das pálpebras. É fundamental que os pais estejam alertas”.

Então mamães e papais, fiquem de olho! Se alguma reação alérgica acontecer, é recomendável a suspensão imediata do produto e que procurem imediatamente um médico. Não deixem seus filhos usarem produtos que não foram feitos para eles. E se tudo estiver sob controle, deixe sua pequena soltar a imaginação e abusar das cores.

Filho da Tania, estudante de Publicidade e Propaganda, ator e apaixonado por assuntos ligados à saúde e bem-estar. Divide seu tempo entre a faculdade, estágio e às publicações do blog.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *