Especialistas da Central Nacional Unimed alertam para os mitos e verdades propagados nas redes sociais sobre o câncer de mama.

O “Outubro Rosa”, mês de combate ao câncer de mama, tem ganhado reforço nas redes sociais com a propagação de informações sobre a prevenção e os riscos da doença. No entanto, a Central Nacional Unimed – maior operadora do Sistema Unimed – alerta para o perigo do compartilhamento de dados incorretos e orienta sobre os mitos e verdades do câncer mais acometido entre as mulheres.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer, anualmente são registrados cerca de 60 mil casos de câncer de mama no Brasil. Segundo a gerente médica da Central Nacional Unimed, Gláucia Berreta Ruggeri, existe aumento pela busca de informações, principalmente neste período, mas o incentivo para a checagem dos dados ainda é pouco praticado. Segue abaixo uma tabela com informações reais sobre os mitos que tanto nos rodeiam nesse período.

                               Mito                                Verdade
                                                                       Sutiã
Lavar o sutiã evita o câncer de mama; evitar o uso de sutiã preto durante o verão; não usar sutiã enquanto dorme; não usar sutiã com arames com frequência;

 

Manter a higiene das roupas íntimas é essencial, pois ajuda a evitar fungos, bactérias, infecções e doenças da pele. Não existem evidências que relacionem o risco do câncer de mama à higiene, ou a cor do tecido, sutiãs revestidos com arame. Dormir com sutiã pode ser desconfortável, mas não causa a doença.

 

                                                                       Seios
Cubra o peito com algum lenço ou abrigo se estiver exposta ao sol; mulheres de seios pequenos têm poucas chances de desenvolver câncer de mama; homens não desenvolvem câncer de mama, pois não têm seios;

 

A exposição dos seios ao sol deve ser feita com uso de protetor solar para prevenir o câncer de pele. Mamas grandes têm cinco vezes mais chances de desenvolver o câncer, de acordo com pesquisas. Especialistas chamam atenção para esses casos, pois a quantidade de tecido glandular pode dificultar a identificação de tumor durante os exames. O risco de um homem desenvolver câncer de mama é de 1 em 1000. Homens sobrevivem menos ao câncer de mama quando comparados às mulheres.

 

                                                                       Axilas
Use bicarbonato ao invés de antitranspirantes; não aplique desodorante antes de dormir Antitranspirantes atuam nas glândulas que produzem suor. Não há relação de prevenção do câncer de mama com o uso do desodorante ou antitranspirante, pois o câncer se desenvolve nas células mamárias.

 

                                                                     Prevenção
Chá de graviola cura câncer. Ainda não há comprovação sobre a eficácia do chá de graviola contra o câncer de mama. A ingestão do chá durante o tratamento é tóxica para os rins e fígado e pode interferir no resultado dos medicamentos quimioterápicos. Médicos também alertam para a gravidade dos efeitos colaterais.

 

Tratamento

Ter câncer é uma questão de sorte. Não tem como prevenir. Nos casos da pré-existência de câncer entre familiares, o monitoramento para detecção precoce é fundamental. A adoção de hábitos saudáveis ajuda a prevenir não só o câncer como outras doenças crônicas. Portanto, não fumar, evitar o consumo nocivo do álcool e praticar exercícios físicos são atitudes com impactos confirmados pela ciência. As orientações também incluem gerenciar o peso corporal, manter uma alimentação saudável, evitar o consumo excessivo de carne animal, preferindo verduras, legumes e frutas.

 

É de extrema importância que visitem o médico regularmente, façam o autoexame, alimentem-se bem, pratiquem atividade física e tenham uma rotina e meio ambiente saudáveis. Assim, poderemos prevenir várias doenças, ou tratá-las enquanto é cedo, aumentando nossas chances de sobrevivência e melhorando nossa qualidade de vida!

Formada em Nutrição, divide o tempo de trabalho entre a clínica, alimentação escolar e fotografia! É mãe de um super herói, blogueira desde a adolescência, meio nerd, adora música, moda, séries e filmes.

1Pingbacks & Trackbacks on Correntes nas redes sociais prejudicam prevenção correta do câncer de mama

  1. […] Especialistas da Central Nacional Unimed alertam para os mitos e verdades propagados nas redes sociais sobre o câncer de mama. O “Outubro Rosa”, mês de combate ao câncer de mama, tem ganhado reforço nas redes sociais com a propagação de informações sobre a prevenção e os riscos da doença. No entanto, a Central Nacional Unimed […] … … Ver artigo completo no Blog […]

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *