O mestre mandou: vai começar a brincadeira! E vale reinventar tudo.
No Centro-Oeste, pega-pega vira maré. No Sul, a brincadeira de corre-cutia é conhecida como ovo-choco. Que tal chamar a turma para brincar?
A seguir, conheça sugestões divertidas, recolhidas pela equipe da “Folhinha” para o site Mapa do Brincar (http://www.mapadobrincar.com.br ):

Fada na linha
Numa comunidade ribeirinha de Parintins (AM), as crianças pulam elástico enquanto cantam os versos:
“Fada, fadinha / Vara, varinha
Dentro e fora / Na linha”

Sujinho

Em Bezerros (PE), a brincadeira de bolinha de gude é cheia de fases e jogadas. Uma delas é o sujinho: as crianças colocam pedras e galhos na frente da bola de gude para dificultar a jogada do adversário da vez.

Maré vai, maré vem
O pega-pega na Vila São Jorge, em Alto Paraíso (GO), divide pegadores e fugitivos em maré e catadores de conchas. O catador que for pego vira maré e passa a capturar os outros.

Cobra ou jacaré
A brincadeira cobra ou jacaré faz sucesso em Alcântara (MA). Para brincar, as crianças fazem um risco no chão. De um lado, desenha-se uma cobra; do outro, um jacaré. O mestre dá o comando: se ele disser “cobra”, todos pulam para o lado do desenho da cobra; se disser “jacaré”, todos saltam para o lado dele.

Mano mula
Em São Luís Gonzaga do Maranhão (MA), a brincadeira de pular sela é chamada de mano mula.
Batizado de boneca
Na cidade de Carbonita (MG), no vale do Jequitinhonha, as bonecas de pano são batizadas pelas “mamães” e “papais”. Com uma bacia cheia de água, o “padre” batiza a filhinha de pano.

Pisa ligeiro!
Em Manacapuru (AM), crianças indígenas da etnia cambeba brincam de roda cantando os versos abaixo. Elas cantam a mesma cantiga na língua delas.
“Pisa ligeiro / Pisa ligeiro
Quem não aguenta / Com formiga
Não assanha / O formigueiro”

Do site da Folhinha

Mãe de Aécio e esposa de Renato, publicitária, especialista em Criação Visual e Multimídia, trabalha com marketing e comunicação e, além do Mãe do Ano, é responsável pelo Roteiro Baby JP, que divulga a programação infantil de João Pessoa, é presidente da Associação das Mulheres empreendedoras da Paraíba, tem uma banda de músicas infantis – a Catavento Colorido – e desenvolve atividades para crianças através da Colmeia Projetos Criativos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *