Considerada uma prática que contribui com o desenvolvimento do aprendizado das crianças, a lição de casa ainda é encarada como um problema pelos pais durante a vida escolar dos filhos. Dificuldades enfrentadas no processo de produção das tarefas ou a sua não execução são situações constantes enfrentadas pelos responsáveis que, muitas vezes, não sabem como lidar com a questão.

Para tal, é necessário que os pais tenham em mente a importância da lição de casa na formação intelectual dos filhos. Segundo a orientadora educacional do Ensino Médio do Colégio Humboldt – instituição bilíngue e multicultural (português/alemão), localizada em Interlagos (SP) – Karin Kenzler, além de serem essenciais para o exercício e a fixação dos conteúdos estudados em sala de aula, as tarefas escolares também têm um papel importante no desenvolvimento de habilidades como responsabilidade, organização e autonomia.

É importante que os pais expliquem à criança, de maneira simples, a importância de se fazer a lição de casa, relacionando a prática de estudar com orgulho e satisfação, sem realizar cobranças. “O papel dos pais na hora da lição de casa é de extrema importância, sem cobranças, porém demonstrando genuíno interesse pela vida escolar do filho, elogiando e reforçando positivamente seu esforço e empenho”, afirma Karin.

Além disso, é preciso que os responsáveis fiquem atentos para não se tornarem “fiscais” da lição, punindo ou recompensando a cada tarefa. De acordo com a orientadora, caso a criança não faça o dever de casa, o ideal é que haja uma conversa para entender os motivos de tal comportamento. Ela ainda completa: “É importante que a criança sinta nos pais um ponto de apoio e não de cobrança. A punição até pode funcionar de imediato, mas se o problema não for identificado e sanado, isso tende a se repetir”.

Ainda, caso os filhos tenham dúvidas durante a execução da tarefa, os pais podem e devem entrar em cena, uma vez que é a eles que os pequenos irão recorrer. Nessa situação, é essencial tomar alguns cuidados para que não haja nenhum dano à autoestima da criança. Para Karin, ridicularizar a pergunta, dizendo que determinado assunto é fácil pode fazer o estudante sentir-se incompetente. Ela comenta: “Falar que também não sabe e pesquisar junto com filho é uma estratégia válida, pois além de ensinar a buscar soluções, sinaliza que não saber de algo não é uma vergonha e que a dúvida da criança é pertinente”.

Ter paciência e delicadeza também é importante na hora de ajudar a criança com a lição. Críticas e xingamentos tornam o momento estressante para ambas as partes. Caso o dever de casa esteja incompleto, mal feito ou com letra ilegível, a dica é fazer perguntas que os levem à reflexão sobre eventuais consequências na escola. Perguntas como “Foi assim que a professora pediu?” e “A professora pode descontar nota por não entender o que está escrito?”,  são maneiras eficazes de lidar com a situação.

Segundo Karin, a principal função dos pais em relação à lição de casa é fomentar a autoestima dos pequenos, saindo do papel de críticos e ajudando a buscar bons resultados. A hora da tarefa é ideal para ensinar os filhos a ponderar os prós e contras de suas ações e a tomar melhores decisões.

Formada em Nutrição, divide o tempo de trabalho entre a clínica, alimentação escolar e fotografia! É mãe de um super herói, blogueira desde a adolescência, meio nerd, adora música, moda, séries e filmes.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *