As aulas se aproximam e, com elas, a tarefa de montar a lancheira do seu filho. Este desafio exige fazer escolhas certas. Segundo a nutricionista do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, Patrícia Citelli Berger, é importante que a lancheira seja recheada de lanches saudáveis, atrativos, nutritivos e rápidos de preparar, equilibrando fontes de proteína, vitaminas, fibras e minerais, carboidrato e líquidos. “Os pais não podem desanimar e se render aos lanches prontos, pois são menos nutritivos, MAS não adianta insistir para o filho comer bem se os pais não dão o exemplo em casa”, ressalta a nutricionista.

Para uma lancheira ideal, os alimentos devem ser saudáveis e, ao mesmo tempo, do gosto da criança. “É importante envolve-los na montagem. Pedir a opinião desperta o interesse pelo alimento que ele irá ingerir”, diz. Variar os alimentos também é importante, pois levar sempre o mesmo alimento no lanche pode enjoar e desestimular a comer bem. Confira as dicas da especialista para montar a lancheira ideal para o seu filho:

  • Prefira as lancheiras térmicas, pois permitem um melhor acondicionamento dos alimentos e mantêm a comida mais fresca.
  • Abuse da variedade das frutas. além da maçã ou banana, outras também são práticas para o consumo, como laranja, mexerica, pera, uva, morango, manga, melão ou melancia. As frutas devem ser enviadas já lavadas e secas, em potes vedados, e podem ser picadas em formatos divertidos. Importante aproveitar as frutas da estação, além de mais saborosas tem melhor custo.
  • Incentive, desde cedo, a ingestão de líquidos, principalmente água mineral. Se preferir sucos naturais, congele o líquido em forminhas e coloque os cubos na garrafa térmica. A bebida irá descongelar aos poucos até a hora do lanche. Polpas ou sucos integrais livres de corantes, acidulantes, sódio e açúcar também são indicados.
  • Prefira pães ou biscoitos integrais, multigrãos, de arroz, mandioca, cenoura ou de milho ao invés de pães brancos, bisnaguinhas, bolachas recheadas e salgadinhos. Os pães podem ser preparados com ricota, queijo tipo cottage ou cream-cheese como base.
  • Petiscos são atrativos para as crianças. Queijos em cubos, tomate cereja e cenouras baby podem ser levados em um pote ou em formato de espetinho. Também são boas opções os biscoitos de polvilho, frutas desidratadas e mix de castanhas e cereais sem açúcar.
  • Seu filho gosta de bolos? Faça opções mais saudáveis e saborosas, como de cenoura, limão, coco, laranja e até o de chocolate (feito com cacau em pó). Se puder, troque a farinha de trigo refinada por integral, aveia ou biomassa de banana verde. O açúcar comum pode ser substituído pelo mascavo.
  • Se mesmo assim seu filho preferir o lanche do colega, procure saber o que o amigo costuma levar e inclua no cardápio da semana. Se forem guloseimas, combine o consumo a cada 10 ou 15 dias.

 

Mariana é paraibana, mas vive atualmente em Aveiro - Portugal. Mãe de Aécio e esposa de Renato, publicitária, especialista em Criação Visual e Multimídia, trabalha com marketing, comunicação e eventos. É fundadora do Mãe do Ano e, além dele, é responsável pelo Roteiro Baby Aveiro, que divulga a programação infantil na cidade de Aveiro.

1Pingbacks & Trackbacks on Como montar uma lancheira saudável e prática para seu filho

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *