Praticidade para os pais e conforto para os recém-nascidos são as principais características que a peça deve oferecer, aponta especialista

banheira
Banheira com trocador acoplado: praticidade para os pais na hora de dar banho nos bebês. Clique para ver maior | Imagem: Divulgação

Na hora de montar o enxoval, muitos pais e mães ficam na dúvida para escolher determinados itens. Um deles é a banheira. Pode parecer simples, mas é uma das aquisições mais importantes. Afinal, os pais devem optar por um modelo que seja confortável para o recém-nascido, pois a pele e todo o corpo são muito sensíveis, além de proporcionar conforto para a hora do banho, um dos momentos em que os pequenos ficam mais agitados.

Amanda Teixeira, do setor de desenvolvimento da Tutti Baby, especializada em artigos infantis, destaca que uma das principais dicas é observar a praticidade da peça. “É sempre importante ver se o produto conta com uma válvula para retirar a água depois do banho, se ele cabe dentro do box ou banheiro e, também, se tem encaixe para o suporte”, explica.

O suporte faz toda a diferença, já que acomodar a banheira na cômoda, cadeira ou qualquer outro móvel é perigoso. Então, antes de comprar, vale a pena pesquisar os modelos disponíveis no mercado. Provavelmente, o item vai ser utilizado por bastante tempo, já que muitos pais usam até depois da criança completar um ano.

Para quem tem pouco espaço, a dica é optar por um modelo de suporte dobrável para a banheira Clique para ver maior | Imagem: Divulgação
Para quem tem pouco espaço, a dica é optar por um modelo de suporte dobrável para a banheira
Clique para ver maior | Imagem: Divulgação

Caso a banheira vá ser utilizada também na casa dos avós, em viagens ou se tiver pouco espaço em casa, vale investir em um modelo de suporte dobrável. Alguns, inclusive, contam com trocador acoplado ao produto. Ou seja, acabando o banho, o pai ou mãe pode virar a banheira e trocar o bebê ali mesmo. “Principalmente nos dias frios, essa opção é a melhor. O suporte também é essencial para evitar a dor nas costas de quem vai dar o banho no bebê, já que o item fica na altura da cintura do adulto”, ressalta Amanda.

Vale lembrar que na hora do banho, os bebês não podem ficar desprotegidos em nenhum momento. Por isso, o formato anatômico é essencial para garantir a segurança, já que promove um encaixe perfeito do bebê na banheira e não o deixa escorregar.

Mariana é paraibana, mas vive atualmente em Aveiro - Portugal. Mãe de Aécio e esposa de Renato, publicitária, especialista em Criação Visual e Multimídia, trabalha com marketing, comunicação e eventos. É fundadora do Mãe do Ano e, além dele, é responsável pelo Roteiro Baby Aveiro, que divulga a programação infantil na cidade de Aveiro.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *