Em 2017, foi instituído o Agosto Dourado como o “Mês do Aleitamento Materno” para conscientização de toda população sobre a importância deste alimento nos primeiros anos de vida do bebê. Segundo o Ministério da Saúde, apenas 41% das crianças mamam até os 6 meses de idade e a recomendação é que isso aconteça até dois anos ou mais, junto com outros alimentos.

Ainda existe um despreparo no pré-natal, além de muitos mitos que envolvem o tema como que o leite é fraco ou até que a cerveja preta ajuda a mãe a produzir mais leite, quando o recomendado é que não se consuma bebida alcoólica. O aleitamento materno protege a saúde da mãe, diminuindo o risco dela ter câncer de mama, câncer de ovário e hemorragias pós-parto. E ainda contribui para que a perda de peso após o parto seja ainda mais rápida.

É muito importante que a mulher busque informações e também converse sobre amamentação com outras mulheres, com profissionais especializados em aleitamento materno e outras pessoas que estejam dispostas a apoiá-la, e não julgá-la pelas suas decisões.

A experiência com a amamentação costuma ser diferente entre as mulheres, algumas passam por dificuldades iniciais, enquanto outras não encontram problemas. A amamentação é muito influenciada pela condição emocional da mulher e pela sociedade em que ela vive. Por isso, o apoio do companheiro, da família, dos profissionais de saúde, enfim, de toda a sociedade é fundamental para que a amamentação ocorra sem complicações.

Todos devem se informar e tirar as dúvidas antes e durante a amamentação. Durante todo mês estaremos compartilhando várias dicas e informações sobre o assunto, então fiquem ligadas!

Formada em Nutrição, divide o tempo de trabalho entre a clínica, alimentação escolar e fotografia! É mãe de um super herói, blogueira desde a adolescência, meio nerd, adora música, moda, séries e filmes.

1Pingbacks & Trackbacks on Agosto Dourado: Mês do Aleitamento Materno

  1. […] Em 2017, foi instituído o Agosto Dourado como o “Mês do Aleitamento Materno” para conscientização de toda população sobre a importância deste alimento nos primeiros anos de vida do bebê. Segundo o Ministério da Saúde, apenas 41% das crianças mamam até os 6 meses de idade e a recomendação é que isso aconteça até dois […] … … Ver artigo completo no Blog […]

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *