Orientações nutricionais podem contribuir para que as crianças tenham hábitos saudáveis desde cedo, evitando problemas de saúde causados pela má alimentação

acompanhamento nutricional

Ver o filho se alimentando bem e com saúde. Essas são duas das maiores alegrias das mães. Isso porque, na infância, os pequenos tendem a ter um pouco de dificuldade para comer, o que pode fragilizar o organismo e prejudicar o crescimento e o desenvolvimento da criança. Por isso, é importante estimular o consumo de alimentos ricos em vitaminas e minerais desde cedo, e a ajuda de um nutricionista pode ser essencial nesse processo.

Cada vez mais procurado, o nutricionista é um profissional que atua em favor da segurança alimentar e da qualidade de vida, orientando sempre uma dieta balanceada e equilibrada com a finalidade de nutrir corretamente o organismo. Quanto antes as crianças se habituarem a essa rotina, melhor para a saúde na idade adulta.

“O acompanhamento nutricional já nos primeiros anos de vida é muito importante para incentivar a criança a ter hábitos alimentares saudáveis, podendo prevenir uma série de doenças causadas pela má alimentação, como desnutrição e obesidade infantil”, afirma a dra. Juliana Machado, gerente médica da área de Consumer Care da Bayer.

Em março, a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República divulgou um levantamento que mostra que 33,5% das crianças brasileiras, entre 5 e 9 anos de idade, estão com excesso de peso. Em muitos desses casos, o apoio do nutricionista seria fundamental para mudar o quadro.

Por meio de consultas regulares, o profissional consegue ter o diagnóstico nutricional completo da criança com o cálculo do índice de massa corporal (IMC) – que relaciona altura, peso e idade. Essas informações, juntamente com outros parâmetros utilizados na consulta, é que vão indicar se o tratamento da criança precisa ser relacionado à reeducação alimentar, à prática de atividade física ou, se necessário, ao acompanhamento de um médico especialista.

“Mesmo com a ajuda de um nutricionista, é importante que os pais deem bons exemplos aos filhos, mantendo uma alimentação equilibrada e evitando alimentos ricos em gordura saturada e industrializados”, reforça a dra. Juliana.

Crianças com dieta inadequada podem carecer de suplementos alimentares, por isso é indicado sempre consultar o médico pediatra.

Mãe de Aécio e esposa de Renato, publicitária, especialista em Criação Visual e Multimídia, trabalha com marketing e comunicação e, além do Mãe do Ano, é responsável pelo Roteiro Baby JP, que divulga a programação infantil de João Pessoa, é presidente da Associação das Mulheres empreendedoras da Paraíba, tem uma banda de músicas infantis – a Catavento Colorido – e desenvolve atividades para crianças através da Colmeia Projetos Criativos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *