Hoje Aécio completa 1 ano e 2 meses.

E, segundo o Boletim da Revista Crescer:

Haja paciência

Sem tempo a perder, pois têm um universo a ser descoberto, nessa época os bebês tornam-se impacientes. Essa ansiedade é manifestada a cada troca de roupa ou toda vez que a criança se senta no cadeirão para comer. É nesse momento que começa um novo desafio para os pais: o de ensinar o filho a esperar. De quebra, os adultos aprendem a ter ainda mais paciência.

Um dos momentos mais comuns de confronto envolve a hora da comida. Depois de ver o prato, por exemplo, ele tem pouca calma para aguardar que o o arroz com feijão esfrie. E começa a chorar! Dicas para o momento da refeição não virar um caos:

– Nunca se desespere com a criança, pois o choro causado pela frustração é saudável e faz parte do desenvolvimento.

– Tente distraí-la com alguma brincadeira, que logo o choro dará lugar a deliciosas risadas.

– Lançar mão de alguns recursos, como cantar, pode ser saudável. Televisão, não!

– Aguarde um pouco para dar a próxima colherada. Ás vezes é só uma questão de esperar um pouco.

– E, por favor, só coloque o bebê no cadeirão quando a comida estiver ok, combinado?

Lembre-se: seu filho precisa viver situações de contrariedade para aprender a lidar com a frustração. Resista à tentação de proteger a criança das decepções. Fazê-la acreditar que o mundo sempre vai satisfazer suas vontades só dificulta o aprendizado para a vida adulta.

Mãe de Aécio e esposa de Renato, publicitária, especialista em Criação Visual e Multimídia, trabalha com marketing e comunicação e, além do Mãe do Ano, é responsável pelo Roteiro Baby JP, que divulga a programação infantil de João Pessoa, é presidente da Associação das Mulheres empreendedoras da Paraíba, tem uma banda de músicas infantis - a Catavento Colorido - e desenvolve atividades para crianças através da Colmeia Projetos Criativos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *